PT de Fortaleza suspende divulgação do resultado das eleições internas

O Processo de Eleição Direta (PED) do PT, em Fortaleza, foi marcado por forte tensão entre os dois grupos que disputavam a liderança do partido na capital. Resultados extra oficias apontam a vitória do candidato a presidente, vereador Acrísio Sena. Seu adversário, o ex-vereador Deodato Ramalho, não aceitou o resultado e seus representantes entraram com um recurso questionando o processo. Os resultados só serão divulgados após reunião da Executiva Estadual, marcada para próxima terça-feira (11), na Sede do PT Ceará, que irá julgar o recurso

O Processo de Eleição Direta (PED) do PT, em Fortaleza, foi marcado por forte tensão entre os dois grupos que disputavam a liderança do partido na capital. Resultados extra oficias apontam a vitória do candidato a presidente, vereador Acrísio Sena. Seu adversário, o ex-vereador Deodato Ramalho, não aceitou o resultado e seus representantes entraram com um recurso questionando o processo. Os resultados só serão divulgados após reunião da Executiva Estadual, marcada para próxima terça-feira (11), na Sede do PT Ceará, que irá julgar o recurso
O Processo de Eleição Direta (PED) do PT, em Fortaleza, foi marcado por forte tensão entre os dois grupos que disputavam a liderança do partido na capital. Resultados extra oficias apontam a vitória do candidato a presidente, vereador Acrísio Sena. Seu adversário, o ex-vereador Deodato Ramalho, não aceitou o resultado e seus representantes entraram com um recurso questionando o processo. Os resultados só serão divulgados após reunião da Executiva Estadual, marcada para próxima terça-feira (11), na Sede do PT Ceará, que irá julgar o recurso (Foto: Fatima 247)

Ceará 247 - O Processo de Eleição Direta (PED) do PT, em Fortaleza, foi marcado por forte tensão entre os dois grupos que disputavam a liderança do partido na capital. Resultados extra oficias apontam a vitória do candidato à presidente, vereador Acrísio Sena. Seu adversário, o ex-vereador Deodato Ramalho, não aceitou o resultado e seus representantes entraram com um recurso questionando o processo eleitoral, impedindo o andamento da apuração.

O PED de 2017 deve eleger o presidente, os integrantes do diretório municipal, os presidentes e diretórios zonais, além dos delegados ao Encontro Estadual do PT, marcado para o mês de maio.

O grupo do vereador Acrísio Sena tentou garantir a divulgação, mas como seu adversário é apoiado pela atual direção do partido, não conseguiu que os resultados fossem apresentados. Segundo o Acrísio Sena, ele teria obtido a maioria dos votos para presidente do PT Fortaleza. “Eu estou com dados dos boletins das urnas eletrônicas e ao somar eles eu contabilizei 1.509 votos. O candidato Deodato Ramalho conseguiu 1.506 votos, uma diferença de três votos. Não há o quê questionar, o povo votou e escolheu o seu presidente”, informou Acrísio.

O PED foi realizado neste domingo (9), em 163 municípios do Estado. Em Fortaleza, foi usada a urna eletrônica, mas a apuração só será divulgada após reunião da Executiva Estadual, marcada para próxima terça-feira (11), na Sede do PT Ceará, que irá julgar um recurso apresentado pelos representantes da candidatura de Deodato Ramalho.

Segundo o presidente do PT Fortaleza, Elmano de Freitas, o recurso foi apresentado durante a abertura das urnas. “Nós não lemos o recurso para saber efetivamente qual o fato que será discutido, mas por haver um recurso à comissão decidiu remeter a Executiva Estadual que é quem deve decidir os recursos apresentados no processo eleitoral”, esclareceu Elmano.

De acordo com declaração do presidente estadual do PT Ceará, De Assis Diniz, a instância que delibera todo e qualquer questionamento, é a instância da Executiva Estadual. Desta forma, segundo o regimento interno do partido, é possível o questionamento das eleições até o próximo dia 14 de abril. “Como nós entendemos que há um recurso e a comissão construiu um posicionamento de remeter para a executiva estadual, lá o recurso será julgado. Toda e qualquer discussão será definida pelo regimento interno do Partido dos Trabalhadores”, explica De Assis.

Se confirmada, a vitória de Acrísio Sena representa a derrota do grupo da deputada federal Luizianne Lins, que comanda o partido na capital, há mais de 15 anos e apoiou a candidatura de Deodato Ramalho. 

 

 

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247