PT já discute eleições em Goiânia; Paulo Garcia fica de fora

Deputados Luis Cesar Bueno, Humberto Aidar e Adriana Accorsi, a ex-deputada Marina Sant´Anna e Edward Madureira, ex-reitor da UFG, se reúnem no diretório metropolitano do Partido dos Trabalhadores; prefeito Paulo Garcia, que não participa da executiva petista, considera prematuro o encontro; "Não consigo vislumbrar qual cenário teremos no próximo ano. Não sabemos quais atores políticos estarão no jogo", disse Garcia; o principal objetivo do encontro, antes de definir os principais nomes, é analisar e discutir a aliança com o PMDB e outros partidos

Deputados Luis Cesar Bueno, Humberto Aidar e Adriana Accorsi, a ex-deputada Marina Sant´Anna e Edward Madureira, ex-reitor da UFG, se reúnem no diretório metropolitano do Partido dos Trabalhadores; prefeito Paulo Garcia, que não participa da executiva petista, considera prematuro o encontro; "Não consigo vislumbrar qual cenário teremos no próximo ano. Não sabemos quais atores políticos estarão no jogo", disse Garcia; o principal objetivo do encontro, antes de definir os principais nomes, é analisar e discutir a aliança com o PMDB e outros partidos
Deputados Luis Cesar Bueno, Humberto Aidar e Adriana Accorsi, a ex-deputada Marina Sant´Anna e Edward Madureira, ex-reitor da UFG, se reúnem no diretório metropolitano do Partido dos Trabalhadores; prefeito Paulo Garcia, que não participa da executiva petista, considera prematuro o encontro; "Não consigo vislumbrar qual cenário teremos no próximo ano. Não sabemos quais atores políticos estarão no jogo", disse Garcia; o principal objetivo do encontro, antes de definir os principais nomes, é analisar e discutir a aliança com o PMDB e outros partidos (Foto: Realle Palazzo-Martini)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - Os cinco pré-candidatos do PT iniciam discussão sobre as eleições em Goiânia. Os deputados Luis Cesar Bueno, Humberto Aidar e Adriana Accorsi, a ex-deputada Marina Sant´Anna e Edward Madureira, ex-reitor da UFG, se reúnem no diretório metropolitano do Partido dos Trabalhadores.

O principal objetivo do encontro, antes de definir os principais nomes, é analisar e discutir a aliança com o PMDB e outros partidos. Atualmente, o PT sinaliza com a continuidade da parceria que até então é vencedora. No entanto, o bloco estadual do PMDB com o DEM, capitaneado pelo senador Ronaldo Caiado, é entrave para esta aliança municipal.

Em entrevista ao Giro, do jornal O Popular, o prefeito Paulo Garcia (PT), que não participa da executiva petista, considera prematuro. Motivo: as crises política e econômica no País podem mudar o cenário completamente para 2016.

“Com todo o respeito à direção do partido em Goiânia, acredito ser cedo. Não consigo vislumbrar qual cenário teremos no próximo ano. Não sabemos quais atores políticos estarão no jogo. Esta grave crise nacional pode ainda gerar grandes transformações no País”, disse ao jornal.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247