PT responde Valadares: "não colocaríamos em risco a unidade do bloco"

"Em nenhum momento, o presidente do Partido dos Trabalhadores e nenhum membro da executiva estadual mantiveram contato com a ministra Idely Salvatti e com nenhum dirigente da CEF, para tratar sobre substituição de nenhum dirigente deste órgão em Sergipe", diz a Executiva Estadual do PT em nota divulgada à imprensa; partido, no entanto, fala em "insatisfações com a condução operacional da Caixa em relação ao programa nacional de habitação rural em Sergipe" 

"Em nenhum momento, o presidente do Partido dos Trabalhadores e nenhum membro da executiva estadual mantiveram contato com a ministra Idely Salvatti e com nenhum dirigente da CEF, para tratar sobre substituição de nenhum dirigente deste órgão em Sergipe", diz a Executiva Estadual do PT em nota divulgada à imprensa; partido, no entanto, fala em "insatisfações com a condução operacional da Caixa em relação ao programa nacional de habitação rural em Sergipe" 
"Em nenhum momento, o presidente do Partido dos Trabalhadores e nenhum membro da executiva estadual mantiveram contato com a ministra Idely Salvatti e com nenhum dirigente da CEF, para tratar sobre substituição de nenhum dirigente deste órgão em Sergipe", diz a Executiva Estadual do PT em nota divulgada à imprensa; partido, no entanto, fala em "insatisfações com a condução operacional da Caixa em relação ao programa nacional de habitação rural em Sergipe"  (Foto: Valter Lima)

Sergipe 247 - Em nota divulgada no início da noite desta segunda-feira (6), o Diretório Estadual do PT negou que tenha atuado pela exoneração do ex-superintendente da Caixa Econômica Federal em Sergipe, Luciano Pimentel. "Em nenhum momento, o presidente do Partido dos Trabalhadores e nenhum membro da executiva estadual mantiveram contato com a ministra Idely Salvatti e com nenhum dirigente da CEF, para tratar sobre substituição de nenhum dirigente deste órgão em Sergipe", afirma o partido no documento distribuído à imprensa.

O texto é motivado pelas entrevistas concedidas pelo senador Valadares (PSB), que acusa o deputado estadual João Daniel e o deputado federal Rogério Carvalho (ambos do PT) de pedirem a exoneração de Pimentel do cargo a membros do governo Dilma (leia mais aqui).

A Executiva Estadual do PT diz sempre tem demonstrado compromisso com a manutenção da aliança que elegeu o governador Marcelo Déda, o atual governador Jackson Barreto e o senador Antônio Carlos Valadares, em 2010. "O mesmo compromisso foi demonstrado e ratificado com o apoio ao deputado federal Valadares Filho do PSB, que disputou a prefeitura de Aracaju em 2012", diz. No entanto, a nota fala na denúncia contra o ex-superintendente da Caixa.

"É do conhecimento de todos que deputados que compõem a base de apoio e de oposição ao governo do Estado, manifestaram no plenário da Assembléia Legislativa de Sergipe, da Câmara Federal e nos meios de comunicação e redes sociais, suas insatisfações com a condução operacional da Caixa Econômica em relação ao Programa Nacional de Habitação Rural no Estado de Sergipe", disse.

Abaixo a nota na íntegra:

A executiva do Partido dos Trabalhadores em Sergipe (PT/SE) juntamente com as bancadas que representam o povo de Sergipe nos Parlamentos Federal e Estadual, vem a publico, esclarecer a população sergipana, que já solicitou ao presidente da Caixa Econômica Federal (CEF) a divulgação dos reais motivos da substituição do Dr. Luciano Pimentel da Superintendência do órgão em nosso Estado.

É do conhecimento de todos que deputados que compõem a base de apoio e de oposição ao governo do Estado, manifestaram no plenário da Assembléia Legislativa de Sergipe, da Câmara Federal e nos meios de comunicação e redes sociais, suas insatisfações com a condução operacional da Caixa Econômica em relação ao Programa Nacional de Habitação Rural no Estado de Sergipe.

Esclarece que em nenhum momento, o presidente do Partido dos Trabalhadores e nenhum membro da executiva estadual mantiveram contato com a ministra Idely Salvatti e com nenhum dirigente da CEF, para tratar sobre substituição de nenhum dirigente deste órgão em Sergipe.

Todos sabem o compromisso do Partido dos Trabalhadores com a manutenção da aliança que elegeu o governador Marcelo Déda, o atual governador Jackson Barreto e o Senador Antônio Carlos Valadares, em 2010. O mesmo compromisso foi demonstrado e ratificado com o apoio ao deputado federal Valadares Filho do PSB, que disputou a prefeitura de Aracaju em 2012 e obteve 37% dos votos válidos. Isso custou ao Partido dos Trabalhadores a retirada da pré-candidatura vitoriosa nas prévias partidárias em nome da unidade. Portanto, o Partido dos Trabalhadores e seus dirigentes, jamais patrocinariam qualquer ato que colocasse em risco a unidade desse bloco. Devemos esclarecer que não estamos disputando nenhum cargo em órgãos do governo federal. O nosso compromisso é com a manutenção do projeto de unidade que tem ajudado a transformar Sergipe e o Brasil.

EXECUTIVA ESTADUAL

PARTIDOS DOS TRABALHADORES EM SERGIPE

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247