PTN pode decidir continuar na base do governo

O PTN ainda não decidiu se vai sair da base do governo no Congresso, e, apesar de a maioria dos parlamentares defenderem (pelo menos por ora) o impeachment da presidente Dilma Rousseff, o partido pode resolver ficar; ex-líder da legenda na Câmara dos Deputados, o baiano João Carlos Bacelar diz que a situação "é tensa"; "A bancada está discutindo. Não é um assunto que una, é tenso. Eu acho que a maioria ainda é favorável ao impeachment, mas está se trabalhando", diz Bacelar

João Carlos Bacelar
João Carlos Bacelar (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - O PTN ainda não decidiu se vai sair da base do governo no Congresso, e, apesar de a maioria dos parlamentares defenderem (pelo menos por ora) o impeachment da presidente Dilma Rousseff, o partido pode resolver ficar. 

Ex-líder da legenda na Câmara dos Deputados, o baiano João Carlos Bacelar diz que a situação "é tensa".

"A bancada está discutindo. Não é um assunto que una, é tenso. Eu acho que a maioria ainda é favorável ao impeachment, mas está se trabalhando", disse Bacelar em entrevista ao Bahia Notícias.

O deputado, contudo, nega que seja interlocutor do PTN em conversas com o ex-presidente Lula, que assumiu o papel de articulador informal do Planalto.

"Nunca tive, nunca conversei com ele [Lula]. Não sou o interlocutor do partido. Teve uma reunião na quarta e tem uma próxima, amanhã", diz Bacelar.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247