Publicado edital do concurso da Polícia Civil

São 515 vagas, sendo 397 para provimento imediato; a primeira categoria a fazer provas objetivas é a de delegado, com exame previsto para o dia 25 de maio; já para agente, escrivão, papiloscopista e agente de necrotomia, a prova está marcada para o dia 1° de junho; enquanto os cargos de perito e médico legista têm exame escrito marcado para 8 de junho.

São 515 vagas, sendo 397 para provimento imediato; a primeira categoria a fazer provas objetivas é a de delegado, com exame previsto para o dia 25 de maio; já para agente, escrivão, papiloscopista e agente de necrotomia, a prova está marcada para o dia 1° de junho; enquanto os cargos de perito e médico legista têm exame escrito marcado para 8 de junho.
São 515 vagas, sendo 397 para provimento imediato; a primeira categoria a fazer provas objetivas é a de delegado, com exame previsto para o dia 25 de maio; já para agente, escrivão, papiloscopista e agente de necrotomia, a prova está marcada para o dia 1° de junho; enquanto os cargos de perito e médico legista têm exame escrito marcado para 8 de junho. (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Tocantins 247 – Está publicado no Diário Oficial do Estado dessa quarta-feira, 26, o edital do concurso público da Polícia Civil. Ao todo, entre vagas para provimento imediato e cadastro de reserva, foram destinados 515 cargos que englobam as diversas carreiras referentes ao policiamento civil.

Segundo o cronograma, a primeira categoria a fazer provas objetivas é a de delegado, com exame previsto para o dia 25 de maio; já para agente, escrivão, papiloscopista e agente de necrotomia, a prova está marcada para o dia 1° de junho; enquanto os cargos de perito e médico legista têm exame escrito marcado para 8 de junho. As inscrições devem ser feitas entre os dias 10 de março e 9 de abril, conforme o cronograma.

Das 515 vagas previstas no edital, 397 são para provimento imediato. 97 vagas são para delegado, 38 para agente, 162 para escrivão, 20 para auxiliar de autópsia, 10 para papiloscopista, 10 para médico legista e 60 para perito criminal.

Os salário variam de R$ 4,5 mil a R$ 10,7 mil.

Em entrevista coletiva nessa quarta-feira, os secretários de Estado da Administração (Secad), Lúcio Mascarenhas, e da Segurança Pública (SSP), José Eliú de Andrada Jurubeba, além dos representantes da Fundação Aroeira, empresa responsável pelo certame, explicaram aos presentes os termos do edital.

Lúcio Mascarenhas  informou que, atendendo uma solicitação do Sindicato dos Delegados de Polícia do Tocantins (Sindepol), foi incluída no processo seletivo uma avaliação discursiva para o respectivo cargo. “No edital que será publicado hoje consta a prova discursiva e todas as regras para que esta avaliação seja feita”, afirmou.

Outra novidade do concurso é que após o término do curso preparatório de 90 dias, os classificados irão escolher, por ordem de classificação, para qual cidade pretende ser designado. Todas as cidades e o número de vagas para cada uma delas está discriminado no edital.

Segundo o secretário de Segurança Pública, para se chegar ao total de vagas, as entidades ligadas à Polícia Civil (SSP, sindicatos) foram consultados. “Este concurso é a superação de uma demanda. Ao número total de vagas, se chegou depois de consultar os sindicatos, delegados e outras entidades”, completou.

Clique aqui para ler o edital do concurso.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email