Queniano vence maratona de Londres e quase bate recorde mundial

O queniano Eliud Kipchoge atingiu neste domingo a segunda melhor marca da história de uma maratona, defendendo com êxito o título conquistado ano passado em Londres, enquanto sua compatriota Jemima Sumgong venceu a categoria feminina; Kipchoge, que marcou um tempo de duas horas, três minutos e cinco segundos, parecia um pouco decepcionado por acabar a oito segundos do recorde de 2:02:57 de Dennis Kimetto

O queniano Eliud Kipchoge atingiu neste domingo a segunda melhor marca da história de uma maratona, defendendo com êxito o título conquistado ano passado em Londres, enquanto sua compatriota Jemima Sumgong venceu a categoria feminina; Kipchoge, que marcou um tempo de duas horas, três minutos e cinco segundos, parecia um pouco decepcionado por acabar a oito segundos do recorde de 2:02:57 de Dennis Kimetto
O queniano Eliud Kipchoge atingiu neste domingo a segunda melhor marca da história de uma maratona, defendendo com êxito o título conquistado ano passado em Londres, enquanto sua compatriota Jemima Sumgong venceu a categoria feminina; Kipchoge, que marcou um tempo de duas horas, três minutos e cinco segundos, parecia um pouco decepcionado por acabar a oito segundos do recorde de 2:02:57 de Dennis Kimetto (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

LONDRES (Reuters) - O queniano Eliud Kipchoge atingiu neste domingo a segunda melhor marca da história de um a maratona, defendendo com êxito o título conquistado ano passado em Londres, enquanto sua compatriota Jemima Sumgong venceu a categoria feminina.

Kipchoge, que marcou um tempo de duas horas, três minutos e cinco segundos, parecia um pouco decepcionado por acabar a oito segundos do recorde de 2:02:57 de Dennis Kimetto.

(Por Ian Chadband)

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247