Quenianos passeiam e dominam a São Silvestre

Tricampeã da Volta da Pampulha, a queniana Nancy Kipron venceu no feminino com o tempo de 51m58s; Sueli Pereira foi a melhor brasileira e terminou a prova na sexta colocação; na categoria masculina, a zebra correu longe e o favorito Edwin Kipsang Rotich conquistou o bicampeonato; o brasileiro Giovani dos Santos ficou em quarto

Tricampeã da Volta da Pampulha, a queniana Nancy Kipron venceu no feminino com o tempo de 51m58s; Sueli Pereira foi a melhor brasileira e terminou a prova na sexta colocação; na categoria masculina, a zebra correu longe e o favorito Edwin Kipsang Rotich conquistou o bicampeonato; o brasileiro Giovani dos Santos ficou em quarto
Tricampeã da Volta da Pampulha, a queniana Nancy Kipron venceu no feminino com o tempo de 51m58s; Sueli Pereira foi a melhor brasileira e terminou a prova na sexta colocação; na categoria masculina, a zebra correu longe e o favorito Edwin Kipsang Rotich conquistou o bicampeonato; o brasileiro Giovani dos Santos ficou em quarto (Foto: José Barbacena)

247 - Só deu Quênia na 89ª edição da corrida de São Silvestre, na capital paulista, na manhã deste dia 31 de dezembro. Tricampeã da Volta da Pampulha, a queniana Nancy Kipron venceu no feminino com o tempo de 51m58s. Ela teve um final de corrida tranquilo e não foi incomodada, chegando na Avenida Paulista livre para triunfar.

Sueli Pereira foi a melhor brasileira e terminou a prova na sexta colocação. Na categoria masculina, a zebra correu longe e o favorito Edwin Kipsang Rotich conquistou o bicampeonato. Aos 25 anos, o queniano também fez uma prova sem sustos e no momento certo apertou o ritmo para se distanciar do pelotão.

Mark Korir cruzou a linha de chegada em segundo e Stanlei Koech ficou em terceiro, os dois do Quênia. Giovani dos Santos foi o melhor brasileiro e terminou na quarta colocação.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247