Rachel Marques esclarece sobre tuneladoras e obras do Metrofor

Após críticas do deputado Ely Aguiar, a deputada Rachel Marques (PT) prestou esclarecimentos sobre as obras da linha leste do Metrô de Fortaleza (Metrofor) e as tuneladoras para escavações dos túneis. A parlamentar disse que os equipamentos se encontram “em perfeitas condições” e que as peças roubadas já foram repostas. Sobre a paralisação das obras, ela explicou que se deve à burocracia. “Infelizmente tem coisas que não dependem apenas do gestor”, analisou

Após críticas do deputado Ely Aguiar, a deputada Rachel Marques (PT) prestou esclarecimentos sobre as obras da linha leste do Metrô de Fortaleza (Metrofor) e as tuneladoras para escavações dos túneis. A parlamentar disse que os equipamentos se encontram “em perfeitas condições” e que as peças roubadas já foram repostas. Sobre a paralisação das obras, ela explicou que se deve à burocracia. “Infelizmente tem coisas que não dependem apenas do gestor”, analisou
Após críticas do deputado Ely Aguiar, a deputada Rachel Marques (PT) prestou esclarecimentos sobre as obras da linha leste do Metrô de Fortaleza (Metrofor) e as tuneladoras para escavações dos túneis. A parlamentar disse que os equipamentos se encontram “em perfeitas condições” e que as peças roubadas já foram repostas. Sobre a paralisação das obras, ela explicou que se deve à burocracia. “Infelizmente tem coisas que não dependem apenas do gestor”, analisou (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - A deputada Rachel Marques (PT) esclareceu, em pronunciamento na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (5), sobre as obras da linha leste do Metrô de Fortaleza (Metrofor) e as tuneladoras para escavações dos túneis. De acordo com a parlamentar, as tuneladoras estão em “perfeitas condições e com a manutenção o dia, aptas a operar quando as obras reiniciarem”.

As declarações de Rachel ocorreram após críticas feitas pelo deputado Ely Aguiar (PSDC), que classificou como “desperdício de dinheiro público” a aquisição das tuneladoras – conhecidas como “tatuzões”.  De acordo com o parlamentar, o Governo do Estado gastou R$138 milhões na compra, sendo que a obra “nunca saiu do papel”

Rachel Marques disse ainda que o furto de peças dos equipamentos em 2016 foi “a única ocorrência desse tipo envolvendo as tuneladoras”. A petista explicou também que as peças furtadas já foram repostas e que as máquinas estão aptas ao funcionamento.

Sobre a paralisação da obra da linha leste do metrô, Rachel Marques explicou que se deve à burocracia. De acordo com a deputada, uma das empresas do consórcio que ganhou a licitação para a obra decidiu sair e isso resultou em trâmites que ainda estão sendo concluídos. “Infelizmente tem coisas que não dependem apenas do gestor”, assinalou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247