Receita cobra R$ 188 mi de Neymar por sonegação

Atacante do Barcelona Neymar foi considerado culpado por sonegação de imposto de renda da pessoa física, fraude e conluio; no último dia 4, a 20ª Turma da Delegacia da Receita concluiu que o jogador omitiu rendimentos do Santos, do Barcelona e da Nike e manteve a pena de R$ 188,8 milhões em impostos atrasados, juros e multas

Barcelona's Neymar leaves the High Court after testifying before a judge in Madrid, Spain, February 2, 2016. REUTERS/Sergio Perez
Barcelona's Neymar leaves the High Court after testifying before a judge in Madrid, Spain, February 2, 2016. REUTERS/Sergio Perez (Foto: Roberta Namour)

247 – A Receita Federal, no Rio, considerou o atacante do Barcelona Neymar culpado por sonegação de imposto de renda da pessoa física, fraude e conluio.

No último dia 4, a 20ª Turma da Delegacia da Receita concluiu que o jogador omitiu rendimentos do Santos, do Barcelona e da Nike e manteve a pena de R$ 188,8 milhões em impostos atrasados, juros e multas.

Ele é acusado de utilizar a Neymar Sport e Marketing, a N & N Consultoria e N & N Administração de Bens para deixar de pagar ao menos R$ 63,6 milhões entre 2012 e 2014. Com correção monetária, as multas alcançam R$ 125,2 milhões.

Ainda cabe recursos ao Carf (Conselho Administrativo da Recursos Fiscais).

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247