Receita suspende isenção tributária ao Instituto Lula

A Receita Federal decidiu suspender a isenção tributária do Instituto Lula nos anos de 2012, 2013 e 2014; ato da Delegacia Regional da Receita em São Paulo, assinado por Guilherme Bibiani Neto, vale para o Imposto de Renda de pessoa jurídica e para a contribuição social sobre o lucro líquido do contribuinte

A Receita Federal decidiu suspender a isenção tributária do Instituto Lula nos anos de 2012, 2013 e 2014; ato da Delegacia Regional da Receita em São Paulo, assinado por Guilherme Bibiani Neto, vale para o Imposto de Renda de pessoa jurídica e para a contribuição social sobre o lucro líquido do contribuinte
A Receita Federal decidiu suspender a isenção tributária do Instituto Lula nos anos de 2012, 2013 e 2014; ato da Delegacia Regional da Receita em São Paulo, assinado por Guilherme Bibiani Neto, vale para o Imposto de Renda de pessoa jurídica e para a contribuição social sobre o lucro líquido do contribuinte (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SP 247 - A Receita Federal decidiu suspender a isenção tributária do Instituto Lula nos anos de 2012, 2013 e 2014.

Segundo a coluna Expresso, o ato da Delegacia Regional da Receita em São Paulo, assinado por Guilherme Bibiani Neto, vale para o Imposto de Renda de pessoa jurídica e para a contribuição social sobre o lucro líquido do contribuinte.

O período de quebra a isenção é o mesmo em que o instituto recebeu doações de empreiteiras investigadas na operação Lava Jato. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247