Rede, de Marina, se coliga ao PSC, de Bolsonaro, em Guarulhos

Fundado sob o lema de apresentar o País a uma "nova política", o partido de Marina Silva, a Rede Sustentabilidade, formou uma coligação com o PSC, partido de Jair Bolsonaro e Marco Feliciano, na cidade de Guarulhos (SP); juventude do partido da ex-ministra se mostrou descontente com com a coalizão e está organizando o envio de uma nota de repúdio; Rede anunciou que só irá se manifestar sobre o caso após a convenção do partido que está marcada para julho

Marina e Bolsonaro
Marina e Bolsonaro (Foto: Aquiles Lins)

Revista Fórum - O partido fundado por Marina Silva, a Rede Sustentabilidade, surge com uma nova polêmica. Após se apresentar como um partido novo, para uma "nova política", a sigla formou uma coligação com o PSC, partido de Jair Bolsonaro e Marco Feliciano, na cidade de Guarulhos (SP).

A juventude do partido da ex-ministra se mostrou descontente com com a coalizão e está organizando o envio de uma nota de repúdio. Um trecho da nota fala que "[Bolsonaro e Feliciano] são representações da extrema-direita facista, xenófoba, homofóbica, racista e misógina".

A Rede anunciou que só irá se manifestar sobre o caso após a convenção do partido que está marcada para julho.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247