REDESIM planeja ações para o ano de 2015

O objetivo é simplificar o processo de abertura e fechamento de empresas no Ceará, por meio da integração dos órgãos de registro e licenciamento e a padronização dos processos

O objetivo é simplificar o processo de abertura e fechamento de empresas no Ceará, por meio da integração dos órgãos de registro e licenciamento e a padronização dos processos
O objetivo é simplificar o processo de abertura e fechamento de empresas no Ceará, por meio da integração dos órgãos de registro e licenciamento e a padronização dos processos (Foto: Renata Paiva)

Ceará 247 - O Subcomitê Estadual da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (REDESIM) realizou nesta terça-feira, 24, a primeira reunião de 2015. A Rede, presidida pelo Sebrae Ceará, é formada por representes de instituições Federais, Estaduais, Municipais e de entidades de classe envolvidas no processo de abertura, alteração e baixa de empresas.  O objetivo da REDESIM é simplificar o processo de abertura e fechamento de empresas no Ceará, por meio da integração dos órgãos de registro e licenciamento e a padronização dos processos.

Durante a reunião, foi avaliado o estágio de implantação da REDESIM no Ceará e definido os encaminhamentos para a elaboração de um plano de ação para o ano de 2015. De acordo com o articulador da Unidade de Políticas Públicas do Sebrae, Elgma Araújo, o plano irá ajudar no monitoramento da implantação da rede e na solução de problemas.

O superintendente do Sebrae, Joaquim Cartaxo, falou sobre a iniciativa do Governo Federal no sentido de garantir a agilidade na abertura e fechamento de empresas. Segundo ele, o desafio da REDESIM é estar preparada para garantir a operacionalização desta política que está em tramitação no Congresso. “Não podemos correr o risco de ter uma legislação que garante a abertura das empresas em até cinco dias e esta empresa levar três meses para ter as licenças de funcionamento. Precisamos estar preparados para garantir a simplificação e a agilidade nestes processos”.

Cartaxo apresentou ainda aos integrantes do subcomitê o Empresômetro MPE, ferramenta da Secretaria da Micro e Pequena Empresa que traz informações georreferenciadas e estatísticas relativas à abertura e fechamento das micro e pequenas empresas e do Simples Nacional. O Empresômentro pode ser acessado pelo site www.forumpermanente.smpe.gov.br

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247