Refinaria tem recorde de processamento em maio

Refinaria Abreu e Lima, também conhecida como Refinaria do Nordeste (Rnest), alcançou novo recorde mensal de processamento de petróleo, de 94,8 mil barris por dia (bpd), superando em 3,8 mil bpd o recorde anterior obtido em março de 2016; produção de diesel S-10 chegou a 330,2 mil metros no mês passado; volume representou 28,2% da produção total desse derivado pela Petrobras em maio de 2016

Refinaria Abreu e Lima, também conhecida como Refinaria do Nordeste (Rnest), alcançou novo recorde mensal de processamento de petróleo, de 94,8 mil barris por dia (bpd), superando em 3,8 mil bpd o recorde anterior obtido em março de 2016; produção de diesel S-10 chegou a 330,2 mil metros no mês passado; volume representou 28,2% da produção total desse derivado pela Petrobras em maio de 2016
Refinaria Abreu e Lima, também conhecida como Refinaria do Nordeste (Rnest), alcançou novo recorde mensal de processamento de petróleo, de 94,8 mil barris por dia (bpd), superando em 3,8 mil bpd o recorde anterior obtido em março de 2016; produção de diesel S-10 chegou a 330,2 mil metros no mês passado; volume representou 28,2% da produção total desse derivado pela Petrobras em maio de 2016 (Foto: Paulo Emílio)

Reuters - A Refinaria Abreu e Lima, também conhecida como Refinaria do Nordeste (Rnest) alcançou novo recorde mensal de processamento de petróleo, de 94,8 mil barris por dia (bpd), superando em 3,8 mil bpd o recorde anterior obtido em março de 2016, informou a Petrobras nesta quarta-feira.

Os resultados da refinaria em Pernambuco, cujas obras custaram muito mais do que o projetado, em meio ao envolvimento do projeto em um escândalo de corrupção, viabilizaram uma produção de diesel S-10 de 330,2 mil metros no mês passado. Esse volume representou 28,2 por cento da produção total desse derivado pela Petrobras em maio de 2016, disse a empresa.

(Por Roberto Samora)

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247