Renan abre dissidência no MDB contra Meirelles

Delegados do MDB estão recebendo uma gravação do senador Renan Calheiros (MDB-AL), pedindo que eles votem, no dia 2 de agosto, contra a candidatura presidencial de Henrique Meirelles; parlamentar diz que não se pode fazer do MDB "uma legenda de aluguel, movida pelos interesses do sistema financeiro, com uma pauta política que nos afronta e nos envergonha"

Renan abre dissidência no MDB contra Meirelles
Renan abre dissidência no MDB contra Meirelles (Foto: Esq.: ABR / Dir.: Fabio Pozzebom - ABR)

Alagoas 247 - Delegados do MDB estão recebendo uma gravação feita pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL, pedindo que eles votem, no próximo dia 2 de agosto, contra a candidatura de Henrique Meirelles à presidência da República. 

"Gostaria de pedir o seu apoio para defendermos o MDB livre de candidatura presidencial que nos encolha, que nos rebaixe. Não podemos fazer da nossa legenda, cuja história se confunde com a do Brasil, uma legenda de aluguel, movida pelos interesses do sistema financeiro, com uma pauta política que nos afronta e nos envergonha", diz o parlamentar na gravação obtida pelo UOL.

O congressista pede aos delegados para votarem "a favor da liberdade de alianças em cada estado". "O nosso partido é o maior do Brasil. Nós temos excelentes senadores, deputados estaduais, deputados federais, governadores", afirma. "E a presença dele, com essa agenda contra os pobres e contra os trabalhadores, vai prejudicar o MDB e sua história. Vamos à luta. Porque somos maiores do que o que querem nos fazer. Um grande abraço e vamos à vitória no dia 2", conclui o senador.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247