Renan convoca professores da reserva

O governador Renan Filho (PMDB) anunciou a convocação de 150 professores da reserva técnica aprovados no concurso realizado em 2013; novo efetivo vai contemplar as áreas mais deficientes, que são: Língua Portuguesa, Química, Artes e Educação Física; ele também revelou o lançamento de um programa que busca estimular o avanço, qualidade e metas na área educacional em Alagoas, que teve, no último Ideb, o segundo maior crescimento, ficando atrás, apenas, do estado do Ceará

O governador Renan Filho (PMDB) anunciou a convocação de 150 professores da reserva técnica aprovados no concurso realizado em 2013; novo efetivo vai contemplar as áreas mais deficientes, que são: Língua Portuguesa, Química, Artes e Educação Física; ele também revelou o lançamento de um programa que busca estimular o avanço, qualidade e metas na área educacional em Alagoas, que teve, no último Ideb, o segundo maior crescimento, ficando atrás, apenas, do estado do Ceará
O governador Renan Filho (PMDB) anunciou a convocação de 150 professores da reserva técnica aprovados no concurso realizado em 2013; novo efetivo vai contemplar as áreas mais deficientes, que são: Língua Portuguesa, Química, Artes e Educação Física; ele também revelou o lançamento de um programa que busca estimular o avanço, qualidade e metas na área educacional em Alagoas, que teve, no último Ideb, o segundo maior crescimento, ficando atrás, apenas, do estado do Ceará (Foto: Voney Malta)

Alagoas 247 - O governador Renan Filho (PMDB) anunciou, durante coletiva na manhã desta quinta-feira (13), no Palácio República dos Palmares, a convocação de 150 professores da reserva técnica aprovados no concurso realizado em 2013. O chamado feito pelo Executivo já havia sido anunciado no final do mês passado. 

De acordo com Renan, o efetivo da rede pública estadual vai contemplar as áreas mais deficientes. São elas: Língua Portuguesa, Química, Artes e Educação Física. A convocação será publicada nesta sexta (14), no Diário Oficial do Estado (DOE) e os professores começam a trabalhar no início do ano letivo. 

Na oportunidade, Renan disse que irá nomear, no futuro, os coordenadores de ensino das escolas que obtiverem melhores números no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). 

"A indicação de pessoas para cargos não existe neste governo. Haverá critério de merecimento para uma nomeação futura, que é o cumprimento do que foi garantido através do concurso e visando, também, a melhoria do serviço público para o cidadão", comentou o governador, acrescentando que os próximos concursos vão trazer menor número de vagas, porém, acontecerão anualmente. 

O governador também anunciou que irá convocar as reservas técnicas da Polícia Civil (PC) e da Perícia Oficial (PO), porém, não especificou a data. 

Investimento 

O chefe do Executivo também citou, durante a coletiva, que o secretário de Educação, Luciano Barbosa, está lançando o programa que busca estimular o avanço, qualidade alcance de metas na área educacional em Alagoas, que teve, no último Ideb, o segundo maior crescimento, ficando atrás, apenas, do estado do Ceará. Em sua visão, essa realidade é nova porque a Educação "sempre patinou ou caminhou para trás". 

"Criamos o Programa Escola da Hora, que repassou oito milhões no primeiro ano de governo e mais oito milhões neste segundo ano, para resolver problemas diários das escolas. Agora, a secretaria passa o recursos direto para a escola, visando desburocratizar os investimentos", disse o governador. 

Conforme ressaltou o secretário, hoje é um dia importante para consolidar um projeto idealizado ainda no início da gestão de Renan. Luciano comentou que várias medidas foram tomadas até o momento, para otimizar os serviços nas escolas estaduais, como a troca de vigilância armada pela vigilância eletrônica. "Isso diminuiu os riscos dentro do ambiente escolar, garantindo maior segurança para os alunos". 

Com gazetaweb.com

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247