Renan diz que trabalha “duro para pagar salário”

Crise econômica, queda do PIB, onze Estados com salários atrasados e 22 que já anunciaram que não vão poder reajustar os salários dos servidores; apesar disso, os vencimentos em Alagoas estão em dia; além disso, obras estruturantes estão sendo mantidas, o que é motivo de alívio para o governador Renan Filho (PMDB); para ele, a renegociação da dívida pública de Alagoas com a União garante os pagamento em dia até o fim do ano; “Estamos trabalhando duro para pagar o salário em dia. Não está fácil. Mas acredito que com a renegociação, vamos conseguir fechar o ano”

Crise econômica, queda do PIB, onze Estados com salários atrasados e 22 que já anunciaram que não vão poder reajustar os salários dos servidores; apesar disso, os vencimentos em Alagoas estão em dia; além disso, obras estruturantes estão sendo mantidas, o que é motivo de alívio para o governador Renan Filho (PMDB); para ele, a renegociação da dívida pública de Alagoas com a União garante os pagamento em dia até o fim do ano; “Estamos trabalhando duro para pagar o salário em dia. Não está fácil. Mas acredito que com a renegociação, vamos conseguir fechar o ano”
Crise econômica, queda do PIB, onze Estados com salários atrasados e 22 que já anunciaram que não vão poder reajustar os salários dos servidores; apesar disso, os vencimentos em Alagoas estão em dia; além disso, obras estruturantes estão sendo mantidas, o que é motivo de alívio para o governador Renan Filho (PMDB); para ele, a renegociação da dívida pública de Alagoas com a União garante os pagamento em dia até o fim do ano; “Estamos trabalhando duro para pagar o salário em dia. Não está fácil. Mas acredito que com a renegociação, vamos conseguir fechar o ano” (Foto: Voney Malta)

Cadu Epifânio/Agência Alagoas - Onze Estados do país estão com o salário atrasado de seu funcionalismo estadual, entretanto, em Alagoas não acontece atraso de salários e o funcionalismo público estadual segue recebendo em dia. O governador Renan Filho falou com a imprensa, nesta segunda-feira (25), e confirmou esforço para manter o pagamento dos servidores em dia.

Mesmo com a crise econômica devastando a economia de diversos estados e o PIB caindo 3%, Alagoas mantém obras estruturantes, porém, o mais importante, o salário do funcionalismo está assegurado graças a um esforço hercúleo do governador Renan Filho.

A renegociação da dívida pública de Alagoas com a União garante pagamento de salário em dia até o fim do ano. Alagoas, sozinha, deve mais que todos os Estados do Nordeste somados. Mais de R$ 8 bilhões da dívida 9496.

"Estamos trabalhando duro para pagar o salário em dia, sendo que 11 Estados da Federação estão com o salário atrasado. Não está fácil, está muito duro. Mas acredito que com a renegociação da dívida, vamos conseguir fechar o ano com o salário em dia mais uma vez. É uma vitória para o povo de Alagoas, sem dúvida", comemora Renan Filho.

Pelo menos, 22 Estados já anunciaram, por exemplo, que não podem dar aumento salarial aos servidores, em virtude da crise econômica. A efetivação da renegociação da dívida deve ir ao plenário do Senado Federal ainda no mês de agosto.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247