Renan Filho: AL está com as finanças em ordem, apesar da crise

O governador Renan filho (PMDB) afirmou que Alagoas, apesar da crise que tomou conta do Brasil, chega a seu terceiro ano de forma muito firme e com um orgulho que poucos estados brasileiros podem ter: o das finanças em ordem; ele disse que o Estado fez o dever de casa no que diz respeito ao ajuste fiscal, economia e investimentos e que há a confiança de que quando o Brasil sair da crise “vai encontrar Alagoas muito mais preparada do que no passado”

O governador Renan filho (PMDB) afirmou que Alagoas, apesar da crise que tomou conta do Brasil, chega a seu terceiro ano de forma muito firme e com um orgulho que poucos estados brasileiros podem ter: o das finanças em ordem; ele disse que o Estado fez o dever de casa no que diz respeito ao ajuste fiscal, economia e investimentos e que há a confiança de que quando o Brasil sair da crise “vai encontrar Alagoas muito mais preparada do que no passado”
O governador Renan filho (PMDB) afirmou que Alagoas, apesar da crise que tomou conta do Brasil, chega a seu terceiro ano de forma muito firme e com um orgulho que poucos estados brasileiros podem ter: o das finanças em ordem; ele disse que o Estado fez o dever de casa no que diz respeito ao ajuste fiscal, economia e investimentos e que há a confiança de que quando o Brasil sair da crise “vai encontrar Alagoas muito mais preparada do que no passado” (Foto: Voney Malta)

Por Marcelo Firmino/eassim.net - Entre os desafios da gestão Renan Filho (PMDB) para 2018 está o de promover um salto de qualidade no atendimento à saúde pública. Ele reconhece isso quando afirma que seu governo já começou a superar gargalos históricos como da educação, segurança e saúde.

Em contato com a reportagem do eassim.net, Renan Filho destacou que os avanços na saúde já se fazem sentir com a construção de novos hospitais no Estado. “Ora, Alagoas passou os últimos 50 anos sem construir um hospital”, lembrou.

Para ele, é fundamental estruturar uma rede de atendimento da saúde pública, “ao patamar de outros estados do Nordeste”. A rede estará em evidência a partir do funcionamento do Hospital Metropolitano de Maceió, com 180 leitos, cuja construção foi iniciada em março deste ano.

Esse hospital terá ainda a capacidade para 10 mil consultas por mês e mais de 17 mil exames de imagem e de laboratório no mesmo período.

Na reestruturação do setor, o governador destaca ainda a construção em andamento do Hospital da Mulher, além dos hospitais regionais nas cidades de Porto Calvo, Delmiro Gouveia, União dos Palmares e Viçosa.

Orgulho alagoano – Renan Filho diz que o governo de Alagoas, apesar da crise que tomou conta do Brasil, chega a seu terceiro ano de forma muito firme e com um orgulho que poucos estados brasileiros podem ter: o das finanças em ordem.

Esse fator proporcionou ao Estado promover investimentos em várias áreas, mas principalmente “nos gargalos históricos” e na infraestrutura, com a duplicação de rodovias, com o abastecimento de água, construção de adutoras, assim como realizações em comunidades remotas na zona rural, além dos investimentos na própria capital, como os eixos viários em construção e melhorando a qualidade de vida da população que mais precisa com o Programa Vida Nova nas Grotas.

Renan Filho disse que está consciente dos grandes desafios que virão em 2018, mas exatamente por ter o Estado feito o dever de casa no que diz respeito ao ajuste fiscal, economia e investimentos, há a confiança plena de que quando o Brasil sair da crise “vai encontrar Alagoas muito mais preparada do que no passado.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247