Renan tenta recursos para continuidade das obras do Canal do Sertão

Cumprindo agenda em Brasília, o governador Renan Filho (PMDB) negocia uma solução, no Ministério das Minas e Energia, para a dívida bilionária da União desde quando adquiriu a antiga Companhia Energética de Alagoas (Ceal); ele também tem encontro no Ministério da Integração Nacional para tratar das obras do Canal do Sertão - início da construção do trecho cinco do Canal - e dos esforços integrados para a convivência com a seca

Cumprindo agenda em Brasília, o governador Renan Filho (PMDB) negocia uma solução, no Ministério das Minas e Energia, para a dívida bilionária da União desde quando adquiriu a antiga Companhia Energética de Alagoas (Ceal); ele também tem encontro no Ministério da Integração Nacional para tratar das obras do Canal do Sertão - início da construção do trecho cinco do Canal - e dos esforços integrados para a convivência com a seca
Cumprindo agenda em Brasília, o governador Renan Filho (PMDB) negocia uma solução, no Ministério das Minas e Energia, para a dívida bilionária da União desde quando adquiriu a antiga Companhia Energética de Alagoas (Ceal); ele também tem encontro no Ministério da Integração Nacional para tratar das obras do Canal do Sertão - início da construção do trecho cinco do Canal - e dos esforços integrados para a convivência com a seca (Foto: Voney Malta)

Por Cadu Epifânio/Agência Alagoas - O governador Renan Filho cumpre agenda em Brasília-DF, nesta quinta-feira, 2, dando continuidade às negociações pela antiga Ceal e para o avanço das obras do Canal do Sertão.

A agenda do governador alagoano passar por uma visita ao Ministério das Minas e Energia, agendada para às 18h – horário de Brasília -, para seguir negociando a dívida bilionária da União a respeito da aquisição da antiga Companhia Energética de Alagoas (Ceal).

"Vou ao Ministério da Integração Nacional tratar das obras do Canal do Sertão [início da construção do trecho cinco do Canal] e dos esforços integrados para a convivência com a seca, que está muito dura, pois estive no Sertão e Agreste recentemente e pude presenciar a dureza dos efeitos da estiagem prolongada em nosso Semiárido", afirmou o governador.

A agenda com o ministro Helder Barbalho, da Integração Nacional, está prevista para acontecer às 16h30, desta quinta. Na semana passada, o governo estadual lançou uma campanha que assegura água de qualidade a 40 municípios alagoanos que decretaram situação de emergência, em virtude da seca.

Mais de 120 carros-pipa, quatrocentos poços serão perfurados, além da construção de barragens perenes, tudo para combater os seis anos sem chuvas. O Estado já tem uma adutora no Alto Sertão em pleno funcionamento e avança com obras de mais duas outras adutoras no Agreste e Bacia Leiteira. Entretanto, o apoio do Ministério da Integração é muito importante.

Sobre o Canal do Sertão, o governador Renan Filho já levou água ao quilômetro 115. O trecho cinco, preterido pelo gestor alagoano, vai facilitar o acesso de água dos moradores de São José da Tapera até os habitantes do município de Olho D'Água das Flores.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247