Restaurante Cidadão: refeição barata e saudável

Restaurante Cidadão, gerido pela ,Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), é um projeto social com o objetivo de oferecer à população de baixa renda uma alimentação saudável, saborosa, econômica e de qualidade; conta com um cardápio que não se repete por um período de 30 dias; preço da refeição é R$ 2,00, valor simbólico que beneficia principalmente aposentados, desempregados, trabalhadores do comércio, autônomos e vendedores ambulantes

Restaurante Cidadão, gerido pela ,Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), é um projeto social com o objetivo de oferecer à população de baixa renda uma alimentação saudável, saborosa, econômica e de qualidade; conta com um cardápio que não se repete por um período de 30 dias; preço da refeição é R$ 2,00, valor simbólico que beneficia principalmente aposentados, desempregados, trabalhadores do comércio, autônomos e vendedores ambulantes
Restaurante Cidadão, gerido pela ,Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), é um projeto social com o objetivo de oferecer à população de baixa renda uma alimentação saudável, saborosa, econômica e de qualidade; conta com um cardápio que não se repete por um período de 30 dias; preço da refeição é R$ 2,00, valor simbólico que beneficia principalmente aposentados, desempregados, trabalhadores do comércio, autônomos e vendedores ambulantes (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - O Restaurante Cidadão da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) é um projeto social com o objetivo de oferecer à população de baixa renda uma alimentação saudável, saborosa, econômica e de qualidade. Conta com um cardápio que não se repete por um período de 30 dias. O preço da refeição é R$ 2,00, valor simbólico que beneficia principalmente aposentados, desempregados, trabalhadores do comércio, autônomos e vendedores ambulantes.


A primeira unidade foi inaugurada em 2003, na Avenida Goiás, no Centro da capital. Funcionária de uma loja da região, Maria Conceição Borges de Sousa, de 46 anos, chegou há três anos do Estado do Tocantins para trabalhar em Goiânia e logo se deparou com um dilema: precisava encontrar um local para almoçar de forma a não comprometer a renda, já que era impossível ir em casa devido à distância (ela reside em Aparecida de Goiânia).

A aflição terminou ao descobrir o Restaurante Cidadão da Avenida Goiás. “Foi a minha salvação. A comida é gostosa e saudável e custa bem baratinho. E ainda tem a vantagem de um cardápio diversificado, com frutas e verduras. Assim, a gente que sempre come aqui não enjoa. Há um prato diferente todo dia. É uma coisa muito boa, não pode parar“, conclui. Em 2005, foram abertas mais três unidades, sendo uma no bairro de Campinas, e duas em Luziânia, no Jardim Ingá e no Bairro Estrela Dalva 2. No ano seguinte, foi inaugurado o primeiro Restaurante Cidadão em Anápolis, localizado na Avenida 1º de Maio, Centro.

Elogios

O mototaxista Ivan Soares de Lima, 51, almoça no Restaurante Cidadão de Campinas há mais de cinco anos e não economiza elogios à comida e ao atendimento. “Logo que termino a refeição, pego a moto para trabalhar e não sofro nenhum incômodo com a digestão. O cardápio tem alimentos leves e nutritivos, há uma boa combinação de misturas e o tempero é equilibrado e saudável. Também somos bem atendidos”, relata. Ele acrescenta que se recorda do dia em que o restaurante do Centro foi inaugurado, há 12 anos. “Todo mundo queria entrar e provar da comida”.

Para a presidente de honra da OVG, Valéria Perillo, o Restaurante Cidadão cumpre o papel de oferecer aos usuários uma alimentação balanceada e de qualidade. “A equipe da Organização se empenha para servir todos os dias refeições bem preparadas e diversificadas. É um direito das pessoas que buscam nossas unidades e é a missão da OVG promover a cidadania”, disse.

Em 2008, foi inaugurada uma unidade em Rio Verde, na Avenida Jerônimo Martins, no Jardim Goiás. No início de 2013, a cidade de Aparecida de Goiânia também ganhou um Restaurante Cidadão, localizado no Jardim Tropical, próximo ao Terminal Garavelo. Um ano depois, foi aberta a segunda unidade de Anápolis. O restaurante do câmpus Henrique Santillo da Universidade Estadual de Goiás (UEG), inaugurado com o objetivo de atender à comunidade, funcionários da universidade e estudantes. Em 2016, foi inaugurada a nona unidade do programa, em Águas Lindas.

 

Os restaurantes da OVG servem 12.300 refeições por dia. Em 2015, foram servidas quase 3 milhões de refeições em todo o Estado. O cardápio é elaborado com base no Programa de Alimentação do Trabalhador, do Ministério do Trabalho e Emprego, e tem o acompanhamento de nutricionistas que cuidam da qualidade e da armazenagem adequada dos produtos utilizados no preparo das refeições.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247