Ricardo Teixeira renuncia à CBF e ao COL

Jos Maria Marn, presidente interino da Confederao, anuncia fim da era Ricardo Teixeira no futebol brasileiro; o ex-genro de Joo Avelange renunciou presidncia da entidade e do COL - Comit Organizador Local

Ricardo Teixeira renuncia à CBF e ao COL
Ricardo Teixeira renuncia à CBF e ao COL (Foto: ROBSON FERNANDJES/AGÊNCIA ESTADO)

247 – Terminou de vez o mandato do presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Ricardo Teixeira. O cartola, que ocupou o cargo durante 23 anos, anunciou sua renúncia por meio de uma carta, lida pelo seu sucessor, José Maria Marin, durante entrevista coletiva desta segunda-feira. Seu cargo no comando do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014 também será ocupado por Marin.

Teixeira deixou o seu “muito obrigado” à torcida brasileira e justificou que sua saída é motivada por problemas de saúde. A manobra, no entanto, é uma tentativa de sair de foco em um momento crítico – ele está sendo investigado pela justiça suíça e recolhe, durante todos estes anos, diversas acusações de corrupção no esporte.

Na carta lida por Marin, o ex-presidente afirmou ainda que se coloca a disposição para colaborar com o futebol brasileiro e que deixa definitivamente a CBF com a “sensação de dever cumprido”. “Fiz o que estava ao meu alcance. Renunciei à saúde. Fui criticado nas derrotas e subvalorizado nas vitórias”, garantiu.

José Maria Marin, de 80 anos, será seu sucessor por ser o vice-presidente há mais tempo na CBF. O processo de uma nova eleição deve ocorrer a partir de agora, e os presidentes das federações paulistas e cariocas, Marco Pollo Del Nero e Rubens Lopes da Costa Filho, respectivamente, devem ser os candidatos.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247