Rogério Correia rebate "O Tempo": Comigo Não

Em nota, o deputado Rogério Correia (PT) negou informações publicadas na coluna A.parte do jornal O Tempo; na matéria veiculada na edição desta sexta-feira (16) do jornal, um assessor parlamentar tucano criticava a denuncia feita pelo deputado a um suposto benefício dado pelo Governo de Minas, nas gestões anteriores, à Andrade Gutierrez via Cemig

Em nota, o deputado Rogério Correia (PT) negou informações publicadas na coluna A.parte do jornal O Tempo; na matéria veiculada na edição desta sexta-feira (16) do jornal, um assessor parlamentar tucano criticava a denuncia feita pelo deputado a um suposto benefício dado pelo Governo de Minas, nas gestões anteriores, à Andrade Gutierrez via Cemig
Em nota, o deputado Rogério Correia (PT) negou informações publicadas na coluna A.parte do jornal O Tempo; na matéria veiculada na edição desta sexta-feira (16) do jornal, um assessor parlamentar tucano criticava a denuncia feita pelo deputado a um suposto benefício dado pelo Governo de Minas, nas gestões anteriores, à Andrade Gutierrez via Cemig (Foto: Luis Mauro Queiroz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247-  O deputado estadual Rogério Correia rebateu, em nota, a matéria veiculada na edição desta sexta-feira (16) do jornal "O Tempo", que informava a posição crítica de um assessor parlamentar tucano à denuncia feita pelo deputado a um suposto benefício dado pelo Governo de Minas, nas gestões anteriores, à Andrade Gutierrez via Cemig.

"O próprio Rogério Correia recebeu dinheiro do comitê financeiro único que é do Pimentel. É só abrir o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que vai ter isso lá. A Andrade Gutierrez doou só para a campanha de Fernando Pimentel, da qual o Rogério fez parte, R$ 3,7 milhões. Daí já se pode ver a coerência dele” criticou o assessor na coluna A.parte do jornal mineiro. 

O deputado, em sua nota, negou ter recebido doações empresariais, argumentando que é contrário a este modelo eleitoral. 

Leia abaixo a nota na íntegra. 

Comigo não!
 
Em relação à nota publicada nesta sexta-feira (16), na coluna A.Parte, do jornal O Tempo, reitero as informações dadas e o pedido de abertura de inquérito ao Ministério Público, na última terça-feira (13), sobre o acordo de acionistas e pagamento indevido de dividendos entre CEMIG e Andrade Gutierrez durante gestão tucana.
 
Esclareço que não recebi doações eleitorais de empresas em minha campanha e ressalto minha posição contrária à este modelo de financiamento.
 
Informo ainda que entrarei com representação no Ministério Público solicitando que a construtora Andrade Gutierrez devolva ao erário mineiro os valores recebidos indevidamente.
 
Rogério Correia (PT) Líder do Bloco Minas Melhor da ALMG
Sexta-feira, 16 de outubro de 2015 - Belo Horizonte - MG

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email