Roubo de veículos ainda assusta os goianienses

Em média, 20 veículos são roubados ou furtados todo dia na Capital. No primeiro semestre, o número de roubos atingiu 2.019 e o mês de junho foram 393. Neste mês, a Polícia Civil prendeu uma quadrilha de 15 pessoas que atuava em Goiânia e comandava o roubo de veículos de dentro da prisão. Delegado diz que na maioria dos casos, motos e carros são usados na compra de drogas na fronteira do Brasil com o Paraguai

Roubo de veículos ainda assusta os goianienses
Roubo de veículos ainda assusta os goianienses
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247_ Os números revelam que o crime de roubo ou furto de veículos continua na moda na Capital. Em média, 20 veículos são roubados ou furtados diariamente em Goiânia. 

Reportagem do jornal Tribuna do Planalto, assinada por Diene Batista, mostra que o roubo a mão armada é o mais comum. 

Segundo estatísticas da Delegacia de Furtos e Rou­bos de Veículos Automotores (DFRVA) da Polícia Civil (PC), o número de roubos (2.019) supera o de furtos (1.109) em todo o primeiro semestre deste ano.

Em junho, por exemplo, 393 veículos foram roubados e 222 furtados - foi o mês de maior número de ocorrências.

No total, até agora, 3.128 carros e motos foram levados de seus donos e, de acordo com a própria DFVRA, 2.892 foram recuperados, a maioria sem grandes danos. 

Neste mês, a Polícia Civil desmantelou uma das maiores quadrilhas especializadas em roubos e furtos de veículos na Capital. 15 pessoas foram presas, inclusive cinco que estavam presos no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia.

O delegado titular da DFVRA, Edson Carneiro, disse à reportagem do Tribuna que na maioria dos casos, os veículos roubados servem como moeda de troca na compra de drogas - na fronteira do Brasil com o Paraguai. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247