Rui defende desoneração do PIS/Cofins para abastecimento de água

O governador Rui Costa defendeu a desoneração do PIS e da Cofins, pagos ao governo federal, sobre o abastecimento de água, o que geraria para a empresa pública de abastecimento do Estado, segundo ele, até R$ 250 milhões anuais de economia; defesa foi feita no XVIII Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas, aberto na noite desta segunda (4); "Não faz o menor sentido onerar a distribuição de água para a população rural, no semiárido e de baixa renda. No nosso estado, isso seria uma economia de até 250 milhões por ano, que poderia ser investida na preservação dos mananciais. Se tivéssemos esse recurso para financiar a própria manutenção da água na Bahia, seria de grande ajuda", disse Rui

O governador Rui Costa defendeu a desoneração do PIS e da Cofins, pagos ao governo federal, sobre o abastecimento de água, o que geraria para a empresa pública de abastecimento do Estado, segundo ele, até R$ 250 milhões anuais de economia; defesa foi feita no XVIII Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas, aberto na noite desta segunda (4); "Não faz o menor sentido onerar a distribuição de água para a população rural, no semiárido e de baixa renda. No nosso estado, isso seria uma economia de até 250 milhões por ano, que poderia ser investida na preservação dos mananciais. Se tivéssemos esse recurso para financiar a própria manutenção da água na Bahia, seria de grande ajuda", disse Rui
O governador Rui Costa defendeu a desoneração do PIS e da Cofins, pagos ao governo federal, sobre o abastecimento de água, o que geraria para a empresa pública de abastecimento do Estado, segundo ele, até R$ 250 milhões anuais de economia; defesa foi feita no XVIII Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas, aberto na noite desta segunda (4); "Não faz o menor sentido onerar a distribuição de água para a população rural, no semiárido e de baixa renda. No nosso estado, isso seria uma economia de até 250 milhões por ano, que poderia ser investida na preservação dos mananciais. Se tivéssemos esse recurso para financiar a própria manutenção da água na Bahia, seria de grande ajuda", disse Rui (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - O governador Rui Costa defendeu a desoneração do PIS e da Cofins, pagos ao governo federal, sobre o abastecimento de água, o que geraria para a empresa pública de abastecimento do Estado, segundo ele, até R$ 250 milhões anuais de economia. A defesa foi feita no XVIII Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas (Encob), coordenado pelo Fórum Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas, aberto oficialmente na noite desta segunda (4).

"Não faz o menor sentido onerar a distribuição de água para a população rural, no semiárido e de baixa renda. No nosso estado, isso seria uma economia de até 250 milhões por ano, que poderia ser investida na preservação dos mananciais. Se nós tivéssemos esse recurso para financiar a própria manutenção da água na Bahia, seria de grande ajuda", disse Rui.

Ele destacou que os investimentos em abastecimento são altos. "Talvez quem vive no sul e no sudeste não tenha noção de quanta distância é preciso ser vencida para se abastecer todo o Nordeste. Nós temos adutoras de 200 quilômetros na Bahia e isso é muito oneroso".

O governador destacou também os investimentos do programa Água para Todos. "Em 2007, o [então] governador Jaques Wagner criou o Água para Todos e de lá para cá alcançamos números extraordinários. Chegamos a ordem de quase R$ 9 bilhões investidos em água e esgoto, nos oito anos de Wagner e no meu primeiro ano de gestão. Aqui vai meu reconhecimento ao ex-presidente Lula e à presidente Dilma, os nordestinos viram a água chegar às suas torneiras por este forte investimento em estrutura hídrica".

Referência nacional

Com 14 comitês de bacias hidrográficas e pioneira neste modelo participativo, a Bahia é um dos estados com maior contribuição nacional para a gestão das águas, além de possuir 70% do seu território na região semiárida e o maior número de pessoas no Brasil vivendo da agricultura familiar. Esta experiência é um dos destaques durante o Encob. Também participaram da abertura do evento secretários da Bahia e outros estados, representantes do Ministério do Meio Ambiente, Agência Nacional de Águas (ANA) e entidades ligadas ao setor.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247