Rui discute fortalecimento da atividade pesqueira

Em reunião nesta quinta-feira, o governador Rui Costa e o ministro da Pesca e Aquicultura, Helder Barbalho, conversaram sobre projetos e investimentos voltados para o fortalecimento da produção e beneficiamento de pescado na Bahia; "Vamos trabalhar juntos, ao longo dos próximos quatro anos, para materializar uma maior produção, incluindo projetos apresentados pelo ministro do ponto de vista do financiamento de bancos oficiais, que possam alicerçar muitos investimentos privados para a produção do pescado", disse Rui

Governador Rui Costa se re�ne com Helder Barbalho, ministro de Pesca e Aquicultura



Foto: Carol Garcia/GOVBA
Governador Rui Costa se re�ne com Helder Barbalho, ministro de Pesca e Aquicultura Foto: Carol Garcia/GOVBA (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Em reunião nesta quinta-feira (2) na Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, o governador Rui Costa e o ministro da Pesca e Aquicultura, Helder Barbalho, conversaram sobre projetos e investimentos voltados para o fortalecimento da produção e beneficiamento de pescado na Bahia.

Rui Costa destacou as parcerias entre o governo federal e o governo do Estado, por meio da Bahia Pesca, em ações como construção de dois terminais pesqueiros públicos em Salvador e Ilhéus, aquisição de barcos e capacitação em pesca industrial para comunidades de pescadores, viabilização da atividade na costa e rios do estado, além da aquicultura em reservatórios com a inclusão de projetos integrados à agricultura familiar, como o uso da água de poços e sistemas de dessalinização.

"Vamos trabalhar juntos, ao longo dos próximos quatro anos, para materializar uma maior produção, incluindo projetos apresentados pelo ministro [Helder Barbalho] do ponto de vista do financiamento de bancos oficiais, que possam alicerçar muitos investimentos privados para a produção do pescado", disse o governador.

O ministro apresentou o planejamento para a expansão da cadeia produtiva no Brasil. "A Bahia é prioridade e está entre os estados que compõem nossa estratégia de elevação da produção de 780 mil toneladas para 1 milhão de toneladas, na área de pesca extrativa, e de 475 mil toneladas para 2 milhões de toneladas de peixe na área da aquicultura".

De acordo com o Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), apenas em aquicultura, a Bahia apresenta potencial para aumentar a produção de 13 mil para 130 mil toneladas anuais, ampliando a geração de renda e a oferta de proteína para os baianos.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247