Rui diz que é candidato

"Naturalmente, sou candidato à reeleição, mas é preciso cumprir um processo legal, o qual inclui as convenções do partido”, anunciou o prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB); ele disse, ainda, que não vê motivos para mudança na composição da chapa que saiu vitoriosa em 2012, com Marcelo Palmeira (PP) como vice; posicionamento do prefeito se dá por conta das especulações de um acordo político com o PMDB, que indicaria o vice

"Naturalmente, sou candidato à reeleição, mas é preciso cumprir um processo legal, o qual inclui as convenções do partido”, anunciou o prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB); ele disse, ainda, que não vê motivos para mudança na composição da chapa que saiu vitoriosa em 2012, com Marcelo Palmeira (PP) como vice; posicionamento do prefeito se dá por conta das especulações de um acordo político com o PMDB, que indicaria o vice
"Naturalmente, sou candidato à reeleição, mas é preciso cumprir um processo legal, o qual inclui as convenções do partido”, anunciou o prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB); ele disse, ainda, que não vê motivos para mudança na composição da chapa que saiu vitoriosa em 2012, com Marcelo Palmeira (PP) como vice; posicionamento do prefeito se dá por conta das especulações de um acordo político com o PMDB, que indicaria o vice (Foto: Voney Malta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Alagoas 247 - O prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), afirmou, nesta quarta-feira (6), que, embora as discussões sobre a eleição deste ano não tenham sido iniciadas, ele "não vê motivos" para mudança na composição da chapa que saiu vitoriosa em 2012, com Marcelo Palmeira (PP) como vice.

"Naturalmente, sou candidato à reeleição, mas é preciso cumprir um processo legal, o qual inclui as convenções do partido. Não teria motivos para mudar o vice. Tenho uma boa relação com o Marcelo [Palmeira] e, inclusive, ele assumiu a prefeitura em alguns momentos, ao longo desses últimos anos", ressaltou o prefeito.

Sobre a possível indicação de Kelmann Vieira para a função, numa composição com o PMDB, Rui Palmeira afirmou que não existe nada de concreto e que tudo não passa de especulação. De acordo com ele, as discussões sobre as eleições com os partidos que integram a base aliada só terão início em fevereiro, após o carnaval.

"Mantenho uma boa relação com o presidente da Câmara, e a prova é que ele assumiu a prefeitura como parte das comemorações do aniversário de 200 anos de Maceió. Mas, a possível indicação do Kelmann para o cargo de vice não passa de especulação. Não há nada de concreto", acrescentou Palmeira.

Os boatos de que Kelmann Vieira ocuparia o cargo de vice ganharam força após ele assumir a prefeitura durante 11 dias em dezembro, quando Rui Palmeira e Marcelo Palmeira se licenciaram, respectivamente, dos cargos de prefeito e vice.

Com gazataweb.com

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247