Rui diz que "obsessão é gerar emprego"

A capacidade de investimentos em infraestrutura e desenvolvimento social, mesmo em tempo de crises econômica e política, garantindo o desenvolvimento baiano, foi o destaque da palestra 'Desenvolvimento Econômico da Bahia', realizada pelo governador Rui Costa na Federação das Indústrias da Bahia (Fieb), em Salvador; Rui anunciou o lançamento do Programa Primeiro Emprego no próximo dia 30; "Vamos contratar nove mil jovens para, em todas as áreas do estado, ocuparem contratos temporários de dois anos, onde terão a primeira experiência profissional", disse o governador

A capacidade de investimentos em infraestrutura e desenvolvimento social, mesmo em tempo de crises econômica e política, garantindo o desenvolvimento baiano, foi o destaque da palestra 'Desenvolvimento Econômico da Bahia', realizada pelo governador Rui Costa na Federação das Indústrias da Bahia (Fieb), em Salvador; Rui anunciou o lançamento do Programa Primeiro Emprego no próximo dia 30; "Vamos contratar nove mil jovens para, em todas as áreas do estado, ocuparem contratos temporários de dois anos, onde terão a primeira experiência profissional", disse o governador
A capacidade de investimentos em infraestrutura e desenvolvimento social, mesmo em tempo de crises econômica e política, garantindo o desenvolvimento baiano, foi o destaque da palestra 'Desenvolvimento Econômico da Bahia', realizada pelo governador Rui Costa na Federação das Indústrias da Bahia (Fieb), em Salvador; Rui anunciou o lançamento do Programa Primeiro Emprego no próximo dia 30; "Vamos contratar nove mil jovens para, em todas as áreas do estado, ocuparem contratos temporários de dois anos, onde terão a primeira experiência profissional", disse o governador (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - A capacidade de investimentos em infraestrutura e desenvolvimento social, mesmo em tempo de crises econômica e política, garantindo o desenvolvimento baiano, foi o destaque da palestra 'Desenvolvimento Econômico da Bahia', realizada pelo governador Rui Costa para representantes de diversos segmentos industriais nesta quinta-feira (24), na Federação das Indústrias da Bahia (Fieb), em Salvador. Rui anunciou o lançamento do Programa Primeiro Emprego no próximo dia 30.

"Vamos contratar nove mil jovens para, em todas as áreas do estado, ocuparem contratos temporários de dois anos, onde terão a primeira experiência profissional", disse o governador.

Ele ainda lembrou que diversos contratos já estão assinados com empresas privadas. "E quero convidar todos para abraçar este programa. A única exigência que fazemos é que a seleção seja feita a partir da média de nota dos últimos três anos desses alunos. Nós vamos divulgar o rankeamento da escola pública a partir do primeiro ano do ensino médio. Isso deve ser um estímulo à dedicação. Devemos contratar 4,5 mil alunos no ano que vem e mais 4,5 mil em 2018".

Rui também ressaltou os investimentos em mobilidade em Salvador, que vão abrir novos vetores de desenvolvimento, como o Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT), ligando inicialmente o bairro de Paripe ao Comércio. "O lado mais bonito da nossa cidade é a Baía de Todos-os-Santos. Cometemos o erro, por muitos anos, de virar as costas para ela e deixá-la se degradar, com ocupação desordenada.

Com o VLT substituindo o trem do Subúrbio, Salvador vai ganhar uma Orla com grandes possibilidades de investimentos em hotéis e restaurantes, tendo a beleza da Baía de Todos-os-Santos à sua frente", afirmou. Ele comentou que, "para os empresários, não é o convite para uma obra de mobilidade, mas um novo vetor de desenvolvimento. Nossa obsessão é por gerar emprego. Nossa vocação é uma cidade de serviço, de turismo e de negócios, e para isso é preciso abrir vetores de desenvolvimento".

O governador também apresentou os investimentos no interior da Bahia, com destaque para a construção do Porto Sul e da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol). "Teremos até o final de 2017 ou começo de 2018, o início das obras do Porto Sul e a retomada da ferrovia". Segundo ele, o minério viabiliza o projeto e a empresa Bamin já deve começar os investimentos terrestres.

Rui relatou que, em 2017, a Bahia deve consolidar a posição de liderança na energia eólica no país e, em dois ou três anos, a liderança na energia solar. Na área de infraestrutura aérea, "estamos pressionando o governo federal quanto às obras do Aeroporto Internacional de Salvador. Já iniciamos a obra em Vitória da Conquista, devemos inaugurar o novo aeroporto no início de 2018 e vamos licitar a operação deste aeroporto em 2017, provavelmente articulada com o de Barreiras, do qual estamos ampliando a pista. Vamos também licitar conjuntamente o aeroporto de Teixeira de Freitas e de Caravelas".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247