Rui lamenta PEC do Teto: ‘Teremos muitos prejuízos’

O governador Rui Costa manifestou repúdio à aprovação em primeiro turno da PEC do Teto no Senado, proposta enviada por Michel Temer para limitar pelos próximos 20 anos os gastos públicos; para Rui, há outras formas de cortar gastos, e ele sugere uma delas a Temer."Existem medidas mais inteligentes. Ele [Michel Temer] poderia fazer uma reforma administrativa. Não vejo razão de existirem empresas que fazem o mesmo trabalho. Nós teremos muitos prejuízos nos próximos anos ", diz o governador baiano

Rui Costa
Rui Costa (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - O governador da Bahia, Rui Costa, manifestou repúdio à aprovação em primeiro turno da PEC do Teto no Senado, proposta enviada por Michel Temer para limitar pelos próximos 20 anos os gastos públicos em áreas como saúde em educação. Para Rui, há outras formas de cortar gastos, e ele sugere uma delas a Temer.

"Existem medidas mais inteligentes. Ele [Michel Temer] poderia fazer uma reforma administrativa. Não vejo razão de existirem empresas que fazem o mesmo trabalho", disse o governador baiano.

Rui cita exemplo órgãos que podem ser extintos, como, segundo sua avaliação, o Departamento Nacional de Obras contra a Seca (Dnocs) e a Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf). "Eu fundiria essas duas estruturas pesadas. Uma responderia pela atividade da outra", afirmou, em relação às duas empresas que cuidam da infraestrutura rural.

Outra estrutura que Rui sugere acabar é a Infraero. "Existem os aeroportos autossustentáveis". "Essas mudanças vão resultar em uma economia de milhões de reais no poder público, preservando educação e saúde. Nós teremos muitos prejuízos nos próximos anos nestas áreas".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247