Rui: “Podem encher o peito e dizer ‘essa casa é minha’”

Cerca de 2,4 mil moradores de Valença, no Baixo Sul do estado, foram beneficiados com a entrega nesta terça-feira de 600 imóveis construídos por meio do programa Minha Casa, Minha Vida; inaugurado pelo governador Rui Costa, o Residencial Nova Vida, etapas I e II, teve investimento de R$ 36 milhões; Rui parabenizou os proprietários dos imóveis e falou sobre a importância do programa federal, que tem ajudado a reduzir o déficit de habitações na Bahia; "Podem encher o peito e dizer 'esta é a minha casa'. O Minha Casa, Minha Vida foi feito para quem precisa de casa. Durante 10 anos vocês não poderão vender ou alugar. Se organizem e façam daqui um condomínio. Cuidem desse patrimônio", disse o governador

Cerca de 2,4 mil moradores de Valença, no Baixo Sul do estado, foram beneficiados com a entrega nesta terça-feira de 600 imóveis construídos por meio do programa Minha Casa, Minha Vida; inaugurado pelo governador Rui Costa, o Residencial Nova Vida, etapas I e II, teve investimento de R$ 36 milhões; Rui parabenizou os proprietários dos imóveis e falou sobre a importância do programa federal, que tem ajudado a reduzir o déficit de habitações na Bahia; "Podem encher o peito e dizer 'esta é a minha casa'. O Minha Casa, Minha Vida foi feito para quem precisa de casa. Durante 10 anos vocês não poderão vender ou alugar. Se organizem e façam daqui um condomínio. Cuidem desse patrimônio", disse o governador
Cerca de 2,4 mil moradores de Valença, no Baixo Sul do estado, foram beneficiados com a entrega nesta terça-feira de 600 imóveis construídos por meio do programa Minha Casa, Minha Vida; inaugurado pelo governador Rui Costa, o Residencial Nova Vida, etapas I e II, teve investimento de R$ 36 milhões; Rui parabenizou os proprietários dos imóveis e falou sobre a importância do programa federal, que tem ajudado a reduzir o déficit de habitações na Bahia; "Podem encher o peito e dizer 'esta é a minha casa'. O Minha Casa, Minha Vida foi feito para quem precisa de casa. Durante 10 anos vocês não poderão vender ou alugar. Se organizem e façam daqui um condomínio. Cuidem desse patrimônio", disse o governador (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - Cerca de 2,4 mil moradores de Valença, no Baixo Sul do estado, foram beneficiados com a entrega nesta terça-feira (3) de 600 imóveis construídos por meio do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) para famílias de baixa renda. Inaugurado pelo governador Rui Costa, o Residencial Nova Vida, etapas I e II, teve investimento de R$ 36 milhões.

Rui parabenizou os proprietários dos imóveis e falou sobre a importância do programa federal, que tem ajudado a reduzir o déficit de habitações na Bahia.

"Quero agradecer a oportunidade de estar aqui hoje vivenciando a emoção de todos os que estão recebendo a casa própria. É a história de vida de vocês que começa a mudar. Antes, a maioria aqui pagava mais de R$ 200 de aluguel. Agora as parcelas [valor pago mensalmente pela habitação] variam de R$ 25 a R$ 80. A principal diferença é que vocês pagam por algo próprio. Podem encher o peito e dizer 'esta é a minha casa', mas é importante pagar em dia para que o programa continue. O Minha Casa, Minha Vida foi feito para quem precisa de casa. Durante 10 anos vocês não poderão vender ou alugar. Se organizem e façam daqui um condomínio. Cuidem desse patrimônio", disse Rui.

Os imóveis entregues em Valença são do tipo village, e possuem sala, banheiro, cozinha, dois quartos e áreas de serviço e circulação. O empreendimento é dotado de toda infraestrutura urbana e sanitária, com pavimentação, acesso, iluminação e redes de água, drenagem e esgoto, além de áreas social e de lazer.

As 600 casas foram construídas a poucos metros de onde, em fevereiro, foram entregues outras 380 unidades do programa. Mais 126 moradias estão em construção em um terreno ao lado. A Bahia é o estado que mais conseguiu contratar e executar habitações do Minha Casa, Minha Vida 1 e 2.

São mais de 188 mil unidades habitacionais contratadas somente na Faixa 1, a de menor poder aquisitivo. Entre todas as faixas, mais de 117,8 mil moradias já foram entregues no estado, desde o lançamento do programa, em 2009.

Após a inauguração das casas, o governador visitou o terreno onde será construída uma das 28 policlínicas que funcionarão no estado por meio de consórcios interfederativos de saúde. As unidades realizarão exames como tomografia e ressonância magnética e atendimentos em 31 especialidades médicas.

"Aqui [terreno na sede do Centro Social Urbano] nós vamos construir a policlínica regional para atender a todo o Baixo Sul. Em breve estaremos iniciando esta importante obra para a região".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247