Russomanno deve desistir de concorrer ao governo de SP

Apesar de estar no primeiro lugar das pesquisas de intenção de voto ao governo de São Paulo, o deputado Celso Russomanno deve desistir da disputa a pedido de seu partido, o PRB; partido disse ao parlamentar que é mais importante para a sigla que ele concorra à reeleição para a Câmara; bom puxador de votos, os cálculos são de que Russomanno consegue fazer uma bancada de 22 deputados federais

Russomanno deve desistir de concorrer ao governo de SP
Russomanno deve desistir de concorrer ao governo de SP (Foto: Folhapress)

SP 247 - Primeiro colocado nas pesquisas para o governo de São Paulo, o deputado Celso Russomanno deve desistir da disputa a pedido do PRB. O assunto começou a ser discutido numa reunião da bancada do partido na Câmara, terça, quando ele ouviu que é mais importante para a sigla que concorra à reeleição para a Câmara. Bom puxador de votos, os cálculos são de que Russomanno consegue fazer uma bancada de 22 deputados federais. Com 25% das intenções de votos para o governo, no último Datafolha, Russomanno admite que vai “ouvir o partido”.

Segundas intenções. “O PRB realmente quer que eu seja candidato a deputado para fazer mais tempo de TV e aumentar o fundo partidário. Mas ainda preciso discutir com a Executiva”, disse Russomanno. O partido recebe R$ 2,9 milhões-ano de fundo partidário, sendo que R$ 1 milhão graças aos votos dele na disputa de 2014.

Um ou outro. Há duas semanas, Russomanno conversou com o vice-governador de SP, Márcio França (PSB), e agendou um encontro com o prefeito João Doria (PSDB) para os próximos dias. A conversa servirá para selar o apoio a um dos dois pré-candidatos.

As informações são da Coluna do Estadão.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247