Safra do café mineiro deve ter alta de 15% em 2016

"Tivemos uma florada boa e as chuvas estão normalizando, então, persistindo este quadro, e não havendo fatores inesperados, teremos uma safra boa, mas nada de extravagante. A estimativa inicial é que a colheita fique entre 23 e 24 milhões de sacas", diz à reportagem o diretor da Faemg, Breno Mesquita

"Tivemos uma florada boa e as chuvas estão normalizando, então, persistindo este quadro, e não havendo fatores inesperados, teremos uma safra boa, mas nada de extravagante. A estimativa inicial é que a colheita fique entre 23 e 24 milhões de sacas", diz à reportagem o diretor da Faemg, Breno Mesquita
"Tivemos uma florada boa e as chuvas estão normalizando, então, persistindo este quadro, e não havendo fatores inesperados, teremos uma safra boa, mas nada de extravagante. A estimativa inicial é que a colheita fique entre 23 e 24 milhões de sacas", diz à reportagem o diretor da Faemg, Breno Mesquita (Foto: Luis Mauro Queiroz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Minas - As chuvas registradas nas últimas semanas estão contribuindo para o desenvolvimento da safra 2016 de café em Minas Gerais, enfatiza o Diário do Comércio. Caso as precipitações continuem regulares, o estado poderá colher entre 23 milhões e 24 milhões de sacas de 60 quilos, alta de cerca de 15%.

"Tivemos uma florada boa e as chuvas estão normalizando, então, persistindo este quadro, e não havendo fatores inesperados, teremos uma safra boa, mas nada de extravagante. A estimativa inicial é que a colheita fique entre 23 e 24 milhões de sacas", diz à reportagem o diretor da Faemg, Breno Mesquita.

Clique aqui para ler a reportagem na íntegra.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247