Salvador: 1,9 milhão de eleitores escolherão prefeito (a) e vereadores

Mais de 1,9 milhão de eleitores escolherão em outubro próximo quem serão seus representantes a partir de janeiro de 2017 nos poderes Legislativo (Câmara Municipal - 43 vereadores) e Executivo (prefeitura), de acordo com dados atualizados do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Mais de 1,9 milhão de eleitores escolherão em outubro próximo quem serão seus representantes a partir de janeiro de 2017 nos poderes Legislativo (Câmara Municipal - 43 vereadores) e Executivo (prefeitura), de acordo com dados atualizados do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia
Mais de 1,9 milhão de eleitores escolherão em outubro próximo quem serão seus representantes a partir de janeiro de 2017 nos poderes Legislativo (Câmara Municipal - 43 vereadores) e Executivo (prefeitura), de acordo com dados atualizados do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Mais de 1,9 milhão de eleitores escolherão em outubro próximo quem serão seus representantes a partir de janeiro de 2017 nos poderes Legislativo e Executivo, de acordo com dados atualizados do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Os números revelam crescimento no eleitorado da capital desde as eleições de 2014, quando aconteceram as eleições estaduais, saltando de 1.923.899 para 1.984.162 agora em junho. Em todo o estado, são 10,5 milhões de eleitores com cadastro regularizado junto à Justiça Eleitoral.

De acordo com as informações detalhadas do ano de 2014, o eleitorado de Salvador é composto por 54% de mulheres e 46% de homens. Quando o assunto é escolaridade, os dados mostram que 38% dos eleitores não possuem o ensino fundamental completo. Deste total, 143,8 mil declararam que apenas leem e escrevem, 32 mil se disseram analfabetos e 565,9 mil registraram que começaram, mas não concluíram o ensino fundamental. A parcela que concluiu esta etapa dos estudos representa 6,3% do eleitorado, percentual que representa 121,6 mil pessoas.

No levantamento do TRE, os eleitores que possuem o ensino médio incompleto são 462,6 mil, 24% do total. Os que concluíram os estudos nesta fase são 408,5 mil, números que representavam 21,2 do eleitorado em 2014.

No grupo dos eleitores com nível superior completo estão 112 mil pessoas, enquanto outras 75,5 mil não chegaram a concluir uma faculdade. As duas fatias que colocaram os pés no ensino superior somam 9,7% do eleitorado soteropolitano. Quando o quesito é faixa etária, 1,3 milhão de eleitores da cidade na época estavam entre 25 e 59 anos de idade, representando 70,8% do total. Entre os 16 e 24 anos, se encontravam 262,1 mil cidadãos, fatia que representa 13,6% do número geral. Os eleitores da capital que possuem 60 anos ou mais são 297,6 mil, ou seja, 15,4%.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247