Salvador tem redução de 6,7% em furtos e roubos de veículos

O primeiro trimestre de 2017 apresentou redução de 6,7% nos furtos e roubos de veículos em Salvador, conforme apontam as estatísticas da Secretaria da Segurança Pública; comparado ao mesmo período de 2016, o número de roubos teve redução de 6,5%; já em relação aos furtos, o decréscimo, tomando como limite o final de março, foi de 7,2%, com os números recuando de 429 para 398

O primeiro trimestre de 2017 apresentou redução de 6,7% nos furtos e roubos de veículos em Salvador, conforme apontam as estatísticas da Secretaria da Segurança Pública; comparado ao mesmo período de 2016, o número de roubos teve redução de 6,5%; já em relação aos furtos, o decréscimo, tomando como limite o final de março, foi de 7,2%, com os números recuando de 429 para 398
O primeiro trimestre de 2017 apresentou redução de 6,7% nos furtos e roubos de veículos em Salvador, conforme apontam as estatísticas da Secretaria da Segurança Pública; comparado ao mesmo período de 2016, o número de roubos teve redução de 6,5%; já em relação aos furtos, o decréscimo, tomando como limite o final de março, foi de 7,2%, com os números recuando de 429 para 398 (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - O primeiro trimestre de 2017 apresentou redução de 6,7% nos furtos e roubos de veículos em Salvador, conforme apontam as estatísticas da Secretaria da Segurança Pública (SSP). Comparado ao mesmo período de 2016, o número de roubos teve redução de 6,5%. Já em relação aos furtos, o decréscimo, tomando como limite o final de março, foi de 7,2%, com os números recuando de 429 para 398.

Sob comando do major PM André Pereira Borges, a 'Operação Apolo', juntamente com outras unidades operacionais e especializadas, tem realizado diversas atividades em horários e locais estratégicos para reprimir a ação criminosa. Uma delas, a 'Operação Bloqueio', acontece em diferentes pontos de Salvador e visa fechar vias de fuga mais usadas pelas quadrilhas.

"Após identificarmos os bandidos através do setor de inteligência, estudamos o modus operandi e executamos campanas, para realizarmos o flagrante", explica o major. Ele lemba que, no último mês, a 'Apolo' prendeu uma quadrilha, já investigada há meses pela Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV) e conhecida por praticar roubos a condutores do aplicativo Uber.

O grupo sequestrava as vítimas e, além de subtrair os pertences, as obrigava a fazer saques em caixas eletrônicos. De acordo com o titular da unidade, delegado Marcelo Tannus, a organização criminosa expressa uma tendência atual entre os bandidos, que é a presença de mais mulheres agindo nesta modalidade.

"Isto não era comum", segundo Tannus, que ainda esclarece que a motivação também mudou. "Antes, os grupos roubavam veículos para desmanchar ou vender as peças. Hoje, os criminosos roubam para praticar outros delitos". O alto índice de recuperação reflete essa dinâmica.

Nos últimos três meses, por exemplo, cerca de 54% dos automóveis roubados foram devolvidos aos proprietários e mais de 700 donos, incluindo seguradoras, tiveram acesso aos bens. "Quando o carro é encontrado, imediatamente fazemos contato com o proprietário", relata.

O delegado aproveita para tranquilizar a população quanto à ação de bandidos atuando contra vans escolares. "Já identificamos os assaltantes de vans escolares em Patamares e logo efetuaremos suas prisões", garante Tannus.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247