'Salvador Vai de Bike pelo fim da violência contra a mulher'

A Prefeitura lança a campanha "Salvador Vai de Bike pelo fim da violência contra as mulheres", que reunirá 500 pessoas num passeio ciclístico no domingo (16), num circuito de 16 quilômetros partindo do Dique do Tororó, passando pela Avenida Centenário, Barra, Ondina, Rio Vermelho até as proximidades do Quartel de Amaralina, retornando pela Avenida Vasco da Gama; concentração será às 8h no Dique e a saída está marcada para as 9h, com previsão de retorno às 11h

A Prefeitura lança a campanha "Salvador Vai de Bike pelo fim da violência contra as mulheres", que reunirá 500 pessoas num passeio ciclístico no domingo (16), num circuito de 16 quilômetros partindo do Dique do Tororó, passando pela Avenida Centenário, Barra, Ondina, Rio Vermelho até as proximidades do Quartel de Amaralina, retornando pela Avenida Vasco da Gama; concentração será às 8h no Dique e a saída está marcada para as 9h, com previsão de retorno às 11h
A Prefeitura lança a campanha "Salvador Vai de Bike pelo fim da violência contra as mulheres", que reunirá 500 pessoas num passeio ciclístico no domingo (16), num circuito de 16 quilômetros partindo do Dique do Tororó, passando pela Avenida Centenário, Barra, Ondina, Rio Vermelho até as proximidades do Quartel de Amaralina, retornando pela Avenida Vasco da Gama; concentração será às 8h no Dique e a saída está marcada para as 9h, com previsão de retorno às 11h (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - A Prefeitura lança a campanha "Salvador Vai de Bike pelo fim da violência contra as mulheres", que reunirá 500 pessoas num passeio ciclístico no domingo (16), num circuito de 16 quilômetros partindo do Dique do Tororó, passando pela Avenida Centenário, Barra, Ondina, Rio Vermelho até as proximidades do Quartel de Amaralina, retornando pela Avenida Vasco da Gama.

Concentração será às 8h no Dique e a saída está marcada para as 9h, com previsão de retorno às 11h.

Iniciativa foi planejada pela Superintendência de Políticas para Mulheres (SPM) e Escritório da Copa do Mundo 2014 (Ecopa), que coordena as ações do Salvador Vai de Bike, em parceria com a Transalvador, contando ainda com apoio da Guarda Municipal.

Objetivo é fazer uma mobilização focada na prevenção e no enfrentamento às situações de violência contra a mulher e demais problemáticas como tráfico, agressões, estupros, violações de direitos, entre outros.

"Será uma campanha de conscientização sobre a não violência contra as mulheres, no mês em homenagem a elas, utilizando um movimento que alia esporte e lazer a uma cultura de qualidade de vida", afirma a superintendente de Políticas para Mulheres, Mônica Kalile, lembrando ainda que qualquer pessoa pode participar levando sua bicicleta.

Para receber a camisa alusiva ao evento, o participante terá de doar 1kg de alimento não perecível, que será entregue às Obras Sociais Irmã Dulce. "Irmã Dulce será nossa grande homenageada por inspirar tantas mulheres na nossa cidade".

O gestor do Ecopa, Isaac Edington, que coordena as ações do programa, lembra que ninguém ficará de fora do passeio ciclístico.

"Quem não tiver bikes, poderá solicitar uma "laranjinha" nas estações de compartilhamento próximas ao Dique do Tororó (Piedade, Campo Grande e em frente ao Cine Glauber Rocha, Salesiano e Fórum Ruy Barbosa), ou até no caminho do passeio ciclístico, na Avenida Centenário". Para isso, é preciso ter feito cadastro no www.bikesalvador.com.br.

Serão disponibilizadas informações sobre os serviços da rede de enfrentamento à violência contra a mulher e outros serviços oferecidos pelos órgãos da Prefeitura, em especial o Centro de Referência Loreta Valadares, que funciona na Praça Almirante Coelho Neto, nº 01, Barris (contato: 3235-426). A Transalvador acompanhará todo o trajeto oferecendo segurança aos participantes.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email