Samu na Região Oeste beneficiará 54 cidades

Governador Fernando Pimentel inaugurou, em Divinópolis, Território Oeste, a rede do Samu da Região Ampliada de Saúde (RAS) Oeste; foram entregues 31 ambulâncias; segundo o executivo, a implantação do serviço na região oeste atenderá 1,2 milhão de pessoas em 54 municípios; o governo informou que investiu R$ 7 milhões no convênio de implantação e R$ 3,9 milhões na compra das ambulâncias; com o início das atividades do Samu Oeste, e considerando os 12 Samus municipais e os cinco Samus Regionais, 540 dos 853 municípios mineiros passam a ter acesso ao serviço, o equivalente a 63,30% de cobertura, atendendo cerca de 15,1 milhões dos 20,7 milhões habitantes do Estado perfazendo assim 72,4 % de cobertura populacional

Governador Fernando Pimentel inaugurou, em Divinópolis, Território Oeste, a rede do Samu da Região Ampliada de Saúde (RAS) Oeste; foram entregues 31 ambulâncias; segundo o executivo, a implantação do serviço na região oeste atenderá 1,2 milhão de pessoas em 54 municípios; o governo informou que investiu R$ 7 milhões no convênio de implantação e R$ 3,9 milhões na compra das ambulâncias; com o início das atividades do Samu Oeste, e considerando os 12 Samus municipais e os cinco Samus Regionais, 540 dos 853 municípios mineiros passam a ter acesso ao serviço, o equivalente a 63,30% de cobertura, atendendo cerca de 15,1 milhões dos 20,7 milhões habitantes do Estado perfazendo assim 72,4 % de cobertura populacional
Governador Fernando Pimentel inaugurou, em Divinópolis, Território Oeste, a rede do Samu da Região Ampliada de Saúde (RAS) Oeste; foram entregues 31 ambulâncias; segundo o executivo, a implantação do serviço na região oeste atenderá 1,2 milhão de pessoas em 54 municípios; o governo informou que investiu R$ 7 milhões no convênio de implantação e R$ 3,9 milhões na compra das ambulâncias; com o início das atividades do Samu Oeste, e considerando os 12 Samus municipais e os cinco Samus Regionais, 540 dos 853 municípios mineiros passam a ter acesso ao serviço, o equivalente a 63,30% de cobertura, atendendo cerca de 15,1 milhões dos 20,7 milhões habitantes do Estado perfazendo assim 72,4 % de cobertura populacional (Foto: Leonardo Lucena)

Minas 247 - O governador de Minas Gerias, Fernando Pimentel, inaugurou nesta terça-feira (6), em Divinópolis, Território Oeste, a rede do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) da Região Ampliada de Saúde (RAS) Oeste. Durante o evento, o governador entregou 31 ambulâncias, sendo sete do tipo Unidades de Suporte Avançado (USAs) e 24 Unidades de Suporte Básico (USBs), doadas pelo Governo de Minas Gerais ao Consórcio Intermunicipal de Saúde (CIS-URG). Segundo o executivo, a implantação do serviço na região oeste atenderá 1,2 milhão de pessoas em 54 municípios. O governo estadual informou que investiu R$ 7 milhões no convênio de implantação e R$ 3,9 milhões na compra das 31 ambulâncias para composição da frota que atenderá a região. Com o início das atividades do Samu Oeste, e considerando os 12 Samus municipais e os cinco Samus Regionais, 540 dos 853 municípios mineiros passam a ter acesso ao serviço, o equivalente a 63,30% de cobertura, atendendo cerca de 15,1 milhões dos 20,7 milhões habitantes do Estado perfazendo assim 72,4 % de cobertura populacional. O Samu 192 Regional está implantado e em pleno funcionamento em cinco regiões ampliadas de saúde – Norte, Nordeste/Jequitinhonha, Centro Sul, Sudeste e Sul.

Segundo Pimentel, apesar dessa "crise terrível que se abateu sobre o Brasil", o estado de Minas Gerais "está respondendo a isso com trabalho". "E o resultado está aqui, é um dos muitos resultados que a gente pode celebrar em Minas Gerais", afirmou o governador, destacando que a ideia é que o Samu chegue a 100% dos municípios mineiros até o fim de 2018. "Estamos caminhando para o final da nossa meta, isso só se consegue com o trabalho", completou.

Na Região Oeste, Central de Regulação das Urgências do Samu funcionará em Divinópolis e contará com médicos reguladores, telefonistas auxiliares de regulação médica, rádio operadores, apoio administrativo e profissionais especializados como farmacêutico. Para atendimento 24 horas, serão 351 profissionais no Samu Oeste, entre eles 71 médicos, 49 enfermeiros, 108 técnicos em enfermagem, além de condutores dos veículos, farmacêuticos e trabalhadores administrativos.

De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Sávio Souza Cruz, a região Centro-oeste é atualmente um modelo, mas a intenção é que todo estado seja contemplado com a instalação do Samu e com a entrega de novas ambulâncias. "É um motivo de grande satisfação para nós saber que mesmo com as dificuldades que a gente vive, conseguimos ampliar o atendimento do Samu para a região Centro-oeste do estado", reforçou, dizendo estar orgulhoso por concretizar o trabalho.

O presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde da região ampliada Oeste CIS-URG e prefeito de Luz, Ailton Duarte, comemorou a inauguração do Samu na região e a chegada das novas ambulâncias, segundo ele, demanda histórica da região. "O primeiro passo para a implantação do Samu foi dado com a fundação do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Ampliada Oeste, que é responsável por desenvolver, junto com as cidades afiliadas, ações de serviço de saúde por meio do SUS. Mesmo com as dificuldades encontradas em Minas e em todo país, no estado de Minas Gerais, o CIS-URG contou com repasse de cerca de R$ 7 milhões e a doação de 31 ambulâncias, feita pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), para que o Samu se tornasse uma realidade", reconhece.

Durante o evento, houve o descerramento da placa inaugural do Samu e a entrega das chaves das ambulâncias. Estiveram presentes o secretário de Estado de Esportes, Arnaldo Gontijo, a secretária-geral adjunta, Alcione Comonian, secretário adjunto de Saúde, Nalton Sebastião Moreira, o secretário executivo dos Fóruns Regionais Território Oeste, Willian Camargos, e o secretário executivo do CIS-URG, José Marcio Zanarde.

Também participaram da solenidade os deputados federais Reginaldo Lopes, Nilton Cardoso Junior, Jaiminho Martins e Domingos Sávio, os estaduais Cristiano Silveira e Fábio Avelar, o prefeito de Divinópolis, Galileu Teixeira, e o presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM) e prefeito de Moema, Julvan Lacerda, além de lideranças na área da saúde e membros do Samu.

*Com assessoria

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247