Santos vence Corinthians

Apesar das provocaes da diretoria do Corinthians e da tenso entre as torcidas, o clssico foi morno e de poucas emoes

Santos vence Corinthians
Santos vence Corinthians (Foto: EVELSON DE FREITAS/AGÊNCIA ESTADO)

Quando Neymar não brilha, o Santos tem Paulo Henrique Ganso para resolver. Numa tarde em que o atacante apareceu pouco, o meia foi quem deu o passe perfeito para Ibson marcar o único gol da vitória do Santos por 1 a 0 sobre o Corinthians, neste domingo, na reabertura da Vila Belmiro, pela 12.ª rodada do Campeonato Paulista. Apesar das provocações da diretoria do Corinthians e da tensão entre as torcidas, o clássico foi morno e de poucas emoções.

O Corinthians, que jogou sem sete titulares, continua líder do Paulistão, com 29 pontos, mas perdeu a invencibilidade. Já o Santos, que chegou à sétima vitória seguida no estadual, aproveitou o empate do Palmeiras com o São Caetano para assumir a segunda colocação, com 27 pontos, contra 26 do time alviverde.

Pelo Paulistão, os dois times voltam a campo no sábado, às 18h30. O Corinthians no Pacaembu, contra o Guarani, e o Santos fora de casa, contra o Mogi Mirim. Antes, jogam pela Libertadores, na quarta. Os corintianos às 22h, contra o Nacional do Paraguai, no Pacaembu, e os santistas às 19h45, novamente na Vila Belmiro, contra o Inter.

O JOGO - Pensando na partida de quarta-feira, pela Libertadores, o técnico Tite resolveu poupar sete titulares: Alessandro, Chicão, Leandro Castan, Paulinho, Danilo, Liedson e Emerson. Mesmo assim o Corinthians equilibrou o primeiro tempo, que começou muito estudado.

O primeiro lance de perigo foi corintiano, num chute de longe de Alex. Rafael bateu roupa, mas o lance parou em seguida por impedimento de Adriano. O Santos, que tinha mais posse de bola, mas parava na defesa reserva do Corinthians, chegou a marcar um gol aos 35 minutos, com Durval, mas o árbitro marcou impedimento e anulou o lance.

 

Nos últimos cinco minutos de primeiro tempo, a partida esquentou. Aos 42, Rafael saiu jogando errado e deu a bola para Jorge Henrique. O goleiro foi para a dividida, foi driblado, mas foi salvo por Durval, que cortou na hora certa e evitou o gol. Dois minutos depois, Ibson invadiu a área, fugiu da falta e tocou de calcanhar para Borges. Wallace travou o santista e salvou o que poderia ser o primeiro gol do jogo.

Logo com seis minutos do segundo tempo, Adriano perdeu excelente chance. Jorge Henrique cruzou da direita e encontrou o atacante no primeiro pau. O chute saiu raspando à trave. O erro acabou custando caro, porque seis minutos depois o Santos abriu o placar, com lindo passe de Ganso, que encontrou Ibson na área. O ex-flamenguista tocou na saída de Julio Cesar e marcou seu quarto gol no Paulistão, o terceiro nos últimos quatro jogos.

Com o ataque muito apagado, Tite mexeu. Trocou Adriano por Elton e Willian por Ramírez. Dos dois jogada perigosa aos 26. O peruano cruzou rasteiro e o atacante por pouco não conseguiu o desvio para empatar. O Santos respondeu com Neymar, até então mal no jogo. Em rápido contra-ataque, o craque santista passou pela marcação, chutou de esquerda e viu Julio Cesar fazer boa defesa.

Como Tite só tinha mais uma substituição, precisava escolher entre Paulinho e Douglas para entrar. Preferiu o volante, uma vez que já tinha Ramírez e Alex na armação. Nos minutos finais, Wallace torceu o tornozelo ao voltar ao chão depois de um salto. Mesmo mancando muito, continuou em campo, como centroavante, uma vez que não havia mais substituição a fazer. Ainda assim, conseguiu fazer o pivô para Paulinho, que passou por Juan, bateu cruzado, e viu Rafael fazer boa defesa com os pés, garantindo a vitória nos acréscimos.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247