São Paulo tem 104 panes nos semáforos por dia

Dois em cada três semáforos da capital paulista já tiveram ao menos alguma pane neste ano; foram 19.846 panes até agora, segundo levantamento do jornal O Estado de S.Paulo; contrato para a retomada da manutenção dos equipamentos, que deixam os cruzamentos sem sinalização, estava paralisada desde o início de 2017, enquanto o prefeito, João Doria, viaja pelo País em sua pré-campanha presidencial

Dois em cada três semáforos da capital paulista já tiveram ao menos alguma pane neste ano; foram 19.846 panes até agora, segundo levantamento do jornal O Estado de S.Paulo; contrato para a retomada da manutenção dos equipamentos, que deixam os cruzamentos sem sinalização, estava paralisada desde o início de 2017, enquanto o prefeito, João Doria, viaja pelo País em sua pré-campanha presidencial
Dois em cada três semáforos da capital paulista já tiveram ao menos alguma pane neste ano; foram 19.846 panes até agora, segundo levantamento do jornal O Estado de S.Paulo; contrato para a retomada da manutenção dos equipamentos, que deixam os cruzamentos sem sinalização, estava paralisada desde o início de 2017, enquanto o prefeito, João Doria, viaja pelo País em sua pré-campanha presidencial (Foto: Gisele Federicce)

SP 247 - De um total de 6.399 semáforos da capital paulista, 4.312 já quebraram ao menos uma vez este ano.

Os dados são de um levantamento do jornal O Estado de S.Paulo, com base em informações da Prefeitura de São Paulo. Isso significa que dois em cada três semáforos da cidade já tiveram ao menos alguma pane neste ano.

A capital sofreu 19.846 panes até agora, sendo que 50 equipamentos se quebraram mais de 25 vezes no ano. Os números dão uma média de 104 panes por dia.

O contrato para a retomada da manutenção dos equipamentos, que deixam os cruzamentos sem sinalização, estava paralisada desde o início de 2017.

O prefeito João Doria (PSDB), que já viajou três vezes mais que seu antecessor, Fernando Haddad, no mesmo período, anunciou finalmente nesta sexta a assinatura de contratos para a retomada dos serviços.

O contrato foi fechado em R$ 40,8 milhões. Três empresas ficarão responsáveis por uma área do município.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247