Secad não confirma nem nega Data-Base de 2017 só em 2018

O secretario estadual de Administração (Secad), Geferson Barros, não confirmou nem desmentiu a informação publicada na coluna Antena Ligada, do Jornal do Tocantins, de que o governo estadual pretende conceder a data-base de 2017 apenas no próximo ano em consequência da programação de pagamentos dos retroativos da revisão de 2016, que termina em setembro. “Ainda estamos discutindo internamente e com sindicatos. Não está definido”, afirmou 

O secretario estadual de Administração (Secad), Geferson Barros, não confirmou nem desmentiu a informação publicada na coluna Antena Ligada, do Jornal do Tocantins, de que o governo estadual pretende conceder a data-base de 2017 apenas no próximo ano em consequência da programação de pagamentos dos retroativos da revisão de 2016, que termina em setembro. “Ainda estamos discutindo internamente e com sindicatos. Não está definido”, afirmou 
O secretario estadual de Administração (Secad), Geferson Barros, não confirmou nem desmentiu a informação publicada na coluna Antena Ligada, do Jornal do Tocantins, de que o governo estadual pretende conceder a data-base de 2017 apenas no próximo ano em consequência da programação de pagamentos dos retroativos da revisão de 2016, que termina em setembro. “Ainda estamos discutindo internamente e com sindicatos. Não está definido”, afirmou  (Foto: Leonardo Lucena)

Tocantins 247 - O secretario estadual de Administração (Secad), Geferson Barros, não confirmou nem desmentiu a informação publicada na coluna Antena Ligada, do Jornal do Tocantins, de que o governo estadual pretende conceder a data-base de 2017 apenas no próximo ano em consequência da programação de pagamentos dos retroativos da revisão de 2016, que termina em setembro. “Ainda estamos discutindo internamente e com sindicatos. Não está definido”, afirmou ao site do Cleber Toledo.

Sindicatos representantes do funcionalismo terão conhecimento da proposta da data-base deste ano na terça-feira (13), segundo acordo definido em reunião com os secretários da Articulação Política, João Emídio; e da Administração, Geferson Barros.

O titular da Secad informou que a minuta do Projeto de Lei foi encaminhado à Secretaria Estadual da Casa Civil para iniciar o “procedimento de análise da legalidade”, a pedido do governador Marcelo Miranda (PMDB). No encontro da próxima semana o governo apresentará uma resposta oficial sobre o reajuste.

O Sindicato dos Servidores Públicos do Tocantins (Sisepe) afirmou que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) dos últimos 12 meses foi calculado em 3,9870%. De acordo com a entidade, é este percentual que deverá ser acrescido nas tabelas financeiras dos Planos de Cargos dos servidores do Poder Executivo, conforme regulamentado pela Lei 2.708 de 2013.

Na reunião com representantes do governo, o sindicato cobrou que fosse publicada a concessão das progressões 2015, 2016 e 2017 e que o executivo apresente uma proposta assinada com um cronograma para pagamento das mesmas. 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247