Sede do PT Municipal foi invadida em SP

Mais um ato contra o Partido dos Trabalhadores foi registrado nesta madrugada, quando ladrões invadiram a sede do Diretório Municipal do PT-SP, no centro da capital; "Durante a invasão vasculharam gavetas e armários, e até o momento não foi identificado furto de pertences. O Boletim de Ocorrência foi realizado no 1° Distrito Policial da Sé", afirmou o presidente do diretório, Paulo Fiorillo; é o quarto caso de violações contra o PT em 2015

Mais um ato contra o Partido dos Trabalhadores foi registrado nesta madrugada, quando ladrões invadiram a sede do Diretório Municipal do PT-SP, no centro da capital; "Durante a invasão vasculharam gavetas e armários, e até o momento não foi identificado furto de pertences. O Boletim de Ocorrência foi realizado no 1° Distrito Policial da Sé", afirmou o presidente do diretório, Paulo Fiorillo; é o quarto caso de violações contra o PT em 2015
Mais um ato contra o Partido dos Trabalhadores foi registrado nesta madrugada, quando ladrões invadiram a sede do Diretório Municipal do PT-SP, no centro da capital; "Durante a invasão vasculharam gavetas e armários, e até o momento não foi identificado furto de pertences. O Boletim de Ocorrência foi realizado no 1° Distrito Policial da Sé", afirmou o presidente do diretório, Paulo Fiorillo; é o quarto caso de violações contra o PT em 2015 (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SP 247 - Mais um ato contra o Partido dos Trabalhadores foi na madrugada dessa segunda-feira, 17, na cidade de São Paulo. O Diretório Municipal do PT-SP informou em nota à imprensa que teve sua sede, no centro, invadida nesta madrugada.

" Durante a invasão vasculharam gavetas e armários, e até o momento não foi identificado furto de pertences. O Boletim de Ocorrência foi realizado no 1° Distrito Policial da Sé", afirmou o presidente do diretório municipal, Paulo Fiorillo.

O PT municipal cobrou prioridade na investigação do caso com prioridade, diante dos fatos que já ocorreram. "Esse é o quarto acontecimento, somente em 2015. O primeiro foi na sede do Diretório em Jundiaí,  seguidos dos atentados à bomba nas sedes do Diretório Zonal - PT Centro e no Instituto Lula", lembrou. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email