Seleção joga por um empate contra a Sérvia

O ex-jogador Tostão chama a atenção para o comportamento de Neymar, mas também para o posicionamento; para Tostão, Neymar tem jogado muito aberto, o que facilita a marcação; na visão do ex-jogador, Neymar teria de entrar na diagonal, onde tem chance de finalizar, passar e driblar; o craque de 70 diz que Coutinho encaixou bem e tem sido o destaque positivo até aqui

seleção brasileira
seleção brasileira (Foto: Gustavo Conde)

247 – O ex-jogador Tostão chama a atenção para o comportamento de Neymar, mas também para o posicionamento. Para Tostão, Neymar tem jogado muito aberto, o que facilita a marcação. Na visão do ex-jogador, Neymar teria de entrar na diagonal, onde tem chance de finalizar, passar e driblar. O craque de 70 diz que Coutinho encaixou bem e tem sido o destaque positivo até aqui.

“Coutinho se adaptou muito bem à função de meio-campista, jogando em espaço maior. Ele não tem o domínio do jogo nem é tão organizador como Kroos, porém avança, dribla, dá passes decisivos e é excelente finalizador. Falta à Alemanha um Coutinho, e ao Brasil, um Kroos. Os dois se completam. Tite precisa ser mais duro, franco, com Neymar e exigir que ele pare de dar chiliques, de reclamar, de discutir e de simular, como no pênalti corretamente anulado contra a Costa Rica. Já seu comportamento brega, fora de campo, frequente com as celebridades, é problema dele, desde que não atrapalhe o desempenho em campo. Segundo várias informações, Neymar se prepara bem para todos os jogos. Isso é o importante."

Leia mais aqui.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247