Sem documentos, 33 creches deixam 10 mil crianças sem aulas em Guarulhos

Falha documental entre Prefeitura e creches conveniadas deixa 10 mil alunos de 33 creches sem aula em Guarulhos; enquanto a prefeitura alega que as creches deixaram de entregar dados necessários para a regularização, donos de creche alegam que a falha é da administração pública.    

Falha documental entre Prefeitura e creches conveniadas deixa 10 mil alunos de 33 creches sem aula em Guarulhos; enquanto a prefeitura alega que as creches deixaram de entregar dados necessários para a regularização, donos de creche alegam que a falha é da administração pública.
 
 
Falha documental entre Prefeitura e creches conveniadas deixa 10 mil alunos de 33 creches sem aula em Guarulhos; enquanto a prefeitura alega que as creches deixaram de entregar dados necessários para a regularização, donos de creche alegam que a falha é da administração pública.     (Foto: Charles Nisz)

SP 247 - A falta de documentos de credenciamento de 33 creches deixou 10 mil crianças sem aulas em Guarulhos (SP). Sem as licenças, o início das aulas, previsto para esta terça-feira (25), foi adiado para segunda-feira (2). Enquanto a prefeitura alega que as creches deixaram de entregar dados necessários para a regularização, donos de creche alegam que a falha é da administração pública.

Houve mudanças no tipo de atendimento estabelecido entre as creches e a prefeitura. Diferentemente das creches municipais, essas 33 creches são “conveniadas” e funcionavam por meio de um contrato emergencial, expirado em 30 de junho. Agora elas passarão a ser creches de “colaboração”. Isso exige um novo credenciamento e, segundo a Prefeitura, os documentos não estão atualizados.

Em nota, a administração informou que espera que todas as creches estejam com os papéis regularizados até sexta-feira (28). Como essas creches conveniadas não entregarem os documentos necessários à prefeitura, elas estão fechadas.

Numa unidade no bairro Bonsucesso, um cartaz que informa aos pais e responsáveis pelas crianças que “estamos sem previsão de retorno até segunda ordem da prefeitura”. Outro comunicado alega que “por ordem da Secretaria Municipal de Educação, o retorno dos alunos que seria no dia 25 de julho de 2017 foi adiado para o dia 2 de agosto de 2017”.

As creches municipais já retomaram o atendimento nesta terça. Ao todo, a rede de creches de Guarulhos atende 24 mil crianças.

Os donos das creches conveniadas dizem ter entregado todos os documentos necessários à administração pública. São dados de contratos, tarefas e de atendimentos de crianças. Segundo os proprietários das creches não municipais, ficou determinado que fosse feito um contrato de colaboração permanente, mas isso não ficou pronto em tempo por parte da prefeitura.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247