Seminário discute modelos de desenvolvimento na APA do João Leite

Três painéis abordam o panorama socioeconômico da região; o desenvolvimento sustentável; e programas de apoio para os municípios, produtores e prestadores de serviço da Área de Proteção Ambiental da bacia do Ribeirão João Leite; seminário será sob coordenação da Secima, MP-GO, Saneago e Abrampa, às 8 horas, na próxima quinta-feira; Decreto Estadual nº 5.845, de 10 de outubro de 2003 delimita a APA João Leite; objetivo é o de proteger os recursos hídricos da bacia hidrográfica do Ribeirão João Leite

Três painéis abordam o panorama socioeconômico da região; o desenvolvimento sustentável; e programas de apoio para os municípios, produtores e prestadores de serviço da Área de Proteção Ambiental da bacia do Ribeirão João Leite; seminário será sob coordenação da Secima, MP-GO, Saneago e Abrampa, às 8 horas, na próxima quinta-feira; Decreto Estadual nº 5.845, de 10 de outubro de 2003 delimita a APA João Leite; objetivo é o de proteger os recursos hídricos da bacia hidrográfica do Ribeirão João Leite
Três painéis abordam o panorama socioeconômico da região; o desenvolvimento sustentável; e programas de apoio para os municípios, produtores e prestadores de serviço da Área de Proteção Ambiental da bacia do Ribeirão João Leite; seminário será sob coordenação da Secima, MP-GO, Saneago e Abrampa, às 8 horas, na próxima quinta-feira; Decreto Estadual nº 5.845, de 10 de outubro de 2003 delimita a APA João Leite; objetivo é o de proteger os recursos hídricos da bacia hidrográfica do Ribeirão João Leite (Foto: Realle Palazzo-Martini)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - A procura por um modelo de produção de renda e geração de emprego, aliado a um aumento da qualidade de vida e preservação ambiental, é o objetivo do Seminário APA do João Leite: Alternativas para o Desenvolvimento Sustentável, sob coordenação da Secima, MP-GO, Saneago e Abrampa, às 8 horas desta quinta-feira, dia 29. Serão três painéis que vão abordar o panorama socioeconômico da região; o desenvolvimento sustentável; e programas de apoio para os municípios, produtores e prestadores de serviço da Área de Proteção Ambiental da bacia do Ribeirão João Leite.

Estarão presentes representantes de diversos segmentos sociais, como o Comitê da Bacia do Rio Meia Ponte, Fieg e Associação dos Municípios de Goiás, entre outros. Com uma área de 72.128,00 hectares, a APA do João Leite envolve os municípios de Goiânia, Terezópolis de Goiás, Goianápolis, Nerópolis, Anápolis, Campo Limpo de Goiás e Ouro Verde de Goiás.

A Área de Proteção foi criada pelo Decreto Estadual nº 5.704, de 27 de dezembro de 2002. O Decreto Estadual nº 5.845, de 10 de outubro de 2003, delimita a APA João Leite. Entre seus objetivos, está o de proteger os recursos hídricos da bacia hidrográfica do Ribeirão João Leite; assegurar condições para o uso do solo compatíveis com a preservação dos recursos hídricos; conciliar as atividades econômicas e a preservação ambiental; proteger os remanescentes do bioma cerrado; melhorar a qualidade de vida da população local por meio de orientação e do disciplinamento das atividades econômicas; disciplinar o turismo ecológico e fomentar a educação ambiental.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247