Senado: Marconi amplia intenções de votos e reduz rejeição

Segundo a terceira e última rodada da pesquisa Serpes/O Popular, Marconi lidera a corrida, com 15,5%, crescimento de 1,5 ponto porcentual na comparação com o levantamento anterior, em aparecia com 14% das menções; no quesito rejeição, Marconi foi de 32,1% para 30,2%, queda de quase dois pontos porcentuais no índice, segundo a aferição do Serpes; a queda na rejeição explica o crescimento do ex-governador na preferência dos goianos e o fato de ele ser o primeiro candidato ao Senado a ser citado pelos eleitores

Senado: Marconi amplia intenções de votos e reduz rejeição
Senado: Marconi amplia intenções de votos e reduz rejeição
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - Candidato ao Senado pela Coligação Goiás Avança Mais, o ex-governador Marconi Perillo (PSDB) cresceu na preferência do eleitorado e, ao mesmo tempo, reduz seus índices de rejeição.

Segundo a terceira e última rodada da pesquisa Serpes/O Popular, divulgada neste domingo (12/8), Marconi lidera a corrida, com 15,5%, crescimento de 1,5 ponto porcentual na comparação com o levantamento anterior, em aparecia com 14% das menções.

No quesito rejeição, Marconi foi de 32,1% para 30,2%, queda de quase dois pontos porcentuais no índice, segundo a aferição do Serpes. A queda na rejeição explica o crescimento do ex-governador na preferência dos goianos e o fato de ele ser o primeiro candidato ao Senado a ser citado pelos eleitores.

Separados o primeiro e o segundo votos, Marconi dispara para 22,8%, como a primeira opção do eleitor. Ele também lidera a espontânea, onde aparece com 5,4% dos votos. Nesta eleição estadual, estão em disputa duas das três cadeiras de cada unidade da federação ao Senado.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247