Sepultamento de Arthur Maia deve ocorrer no fim de semana, em Maceió

Roberto Maia, pai do jogador Arthur Maia, morto no acidente com a aeronave que levava a delegação do Chapecoense para Medellín, na Colômbia, informou que o funeral do filho em Maceió deve ocorrer neste fim de semana; antes, atendendo ao pedido da Chapecoense, a família autorizou que o corpo seja exposto no velório coletivo que acontecerá em Santa Catarina; sobre as investigações que apontam como causa do acidente, inicialmente, a falta de combustível no avião, Roberto Maia comentou que "não se liga nesse negócio", porque não adianta, já que o filho não voltará 

Roberto Maia, pai do jogador Arthur Maia, morto no acidente com a aeronave que levava a delegação do Chapecoense para Medellín, na Colômbia, informou que o funeral do filho em Maceió deve ocorrer neste fim de semana; antes, atendendo ao pedido da Chapecoense, a família autorizou que o corpo seja exposto no velório coletivo que acontecerá em Santa Catarina; sobre as investigações que apontam como causa do acidente, inicialmente, a falta de combustível no avião, Roberto Maia comentou que "não se liga nesse negócio", porque não adianta, já que o filho não voltará 
Roberto Maia, pai do jogador Arthur Maia, morto no acidente com a aeronave que levava a delegação do Chapecoense para Medellín, na Colômbia, informou que o funeral do filho em Maceió deve ocorrer neste fim de semana; antes, atendendo ao pedido da Chapecoense, a família autorizou que o corpo seja exposto no velório coletivo que acontecerá em Santa Catarina; sobre as investigações que apontam como causa do acidente, inicialmente, a falta de combustível no avião, Roberto Maia comentou que "não se liga nesse negócio", porque não adianta, já que o filho não voltará  (Foto: Voney Malta)

Alagoas 247 - O pai do jogador Arthur Maia, morto no acidente com a aeronave que levava a delegação do Chapecoense para Medellín, na Colômbia, esteve nos estúdios da Organização Arnon de Mello, na manhã desta quinta-feira (1º). Roberto Maia informou que o funeral do filho em Maceió deve ocorrer neste fim de semana, no Campo Santo Parque das Flores. A família autorizou que o corpo seja exposto no velório coletivo que acontecerá em Santa Catarina. 

Segundo Roberto, o clube esportivo fez contato com a família, pedindo autorização para que o jogador fosse velado junto com os demais colegas de time que morreram na tragédia com a aeronave, e o pai do atleta atendeu ao pedido. O corpo, por sua vez, chega à capital alagoana, nesta sexta (2) ou sábado (3), e o sepultamento está previsto para sábado, podendo até acontecer no domingo. 

"Autorizei o velório coletivo porque é de extrema importância. Meu filho era muito querido e merece a homenagem. Quanto ao velório aqui em Maceió, estamos organizando e deve acontecer no sábado ou domingo, a depender do horário de chegada do corpo", disse Roberto, acrescentando que não vai participar do velório coletivo. 

Questionado sobre as investigações que apontam como causa do acidente, inicialmente, a falta de combustível no avião, Roberto Maia comentou que "não se liga nesse negócio", porque não adianta, já que o filho não voltará. 

"Só aumenta o sofrimento eu ficar pensando nisso ou querer buscar respostas. A ficha ainda não caiu porque durmo e acordo com a sensação de que não ocorreu, mas o que me resta é rezar pelo meu filho para que ele esteja bem. Sou católico e busco entender que Deus não permite uma tragédia como esta. Agora, Arthur está nos braços do Pai, que conforta sua alma", expôs Roberto, orientando todos os pais que têm filhos vivos, que os abracem, pois "não se sabe até quando vão estar juntos".

Com gazetaweb.com 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247