Sérgio Aguiar critica ANP e cobra ressarcimento de gastos

Diante de informações de que a Petrobras poderia retomar o projeto da Refinaria Premiun, mas desta vez, transferindo o investimento para o Minas Gerais, o deputado Sérgio Aguiar (PDT) cobrou hoje, em pronunciamento na Assembleia Legislativa, o ressarcimento do prejuízo financeiro causado ao Ceará com a desistência da instalação da Refinaria Premium e contestou a Agência Nacional do Petróleo, que defende a implantação do empreendimento no Triângulo Mineiro, com a alegação de que estaria mais próxima dos centros consumidores. "Faço uma contestação técnica e simples: a refinaria deve ficar próxima a um porto, como o do Pecém",disso o deputado

Diante de informações de que a Petrobras poderia retomar o projeto da Refinaria Premiun, mas desta vez, transferindo o investimento para o Minas Gerais, o deputado Sérgio Aguiar (PDT) cobrou hoje, em pronunciamento na Assembleia Legislativa, o ressarcimento do prejuízo financeiro causado ao Ceará com a desistência da instalação da Refinaria Premium e contestou a Agência Nacional do Petróleo, que defende a implantação do empreendimento no Triângulo Mineiro, com a alegação de que estaria mais próxima dos centros consumidores. "Faço uma contestação técnica e simples: a refinaria deve ficar próxima a um porto, como o do Pecém",disso o deputado
Diante de informações de que a Petrobras poderia retomar o projeto da Refinaria Premiun, mas desta vez, transferindo o investimento para o Minas Gerais, o deputado Sérgio Aguiar (PDT) cobrou hoje, em pronunciamento na Assembleia Legislativa, o ressarcimento do prejuízo financeiro causado ao Ceará com a desistência da instalação da Refinaria Premium e contestou a Agência Nacional do Petróleo, que defende a implantação do empreendimento no Triângulo Mineiro, com a alegação de que estaria mais próxima dos centros consumidores. "Faço uma contestação técnica e simples: a refinaria deve ficar próxima a um porto, como o do Pecém",disso o deputado (Foto: Fatima 247)

Ceará 247 - Diante de informações de que a Petrobras poderia retomar o projeto da Refinaria Premiun, mas desta vez, transferindo o investimento para o Estado de Minas Gerais, o deputado Sérgio Aguiar (PDT) cobrou hoje, em pronunciamento na Assembleia Legislativa, o ressarcimento do prejuízo financeiro causado ao Estado com a desistência da instalação da Refinaria Premium no Ceará.

Em seu pronunciamento, o deputado destacou a mobilização feita feita pela sociedade cearense em defesa da implantação da refinaria. "Nos unimos em uma importante mobilização com todos os segmentos cearenses entrando na campanha pela Refinaria. Agora, sinalizam uma possível retomada deste projeto em 2017, mas em Minas Gerais. Enquanto a Agência Nacional do Petróleo defende a implantação do empreendimento no Triângulo Mineiro, com a alegação de que estaria mais próxima dos centros consumidores, faço uma contestação técnica e simples: a refinaria deve ficar próxima a um porto, como o do Pecém", salientou o deputado.

Segundo Sérgio Aguiar, são cerca de R$ 657 milhões em cálculos iniciais devido ao Ceará, em razão de obras. "Essa renda poderia ser usada em tantas áreas no nosso Estado. Não podemos aceitar isso só como prejuízo político, mas sim econômico. Temos que ser restituídos", cobrou o deputado. De acordo com o parlamentar, seriam 38 mil empregos diretos e 52 mil indiretos, aumento de renda por meio das oportunidades de negócio para a Capital e para o Interior. Além disso, melhorias infraestruturais nos serviços básicos de saúde, hospedagem, turismo, lazer e promoção do desenvolvimento econômico e social do Estado, mas hoje o que se tem é um prejuízo. 

Sérgio Aguiar informou ainda que a Secretaria de Infraestrutura, juntamente com outros setores do Governo estadual está realizando um levantamento em parceria com o Tribunal de Contas do Estado do Ceará para apurar o valor gasto na Premium II e cobrar o ressarcimento da quantia investida.

Em aparte, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Albuquerque (PDT) pediu aos demais parlamentares para se unirem à bancada nordestina da Câmara dos Deputados para cobrar o ressarcimento tanto do Ceará quanto do Maranhão.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247