"Serra e Marina estão à frente do PT de hoje"

Afirmativa é do presidente do PSDB na Bahia, Sérgio Passos; tucano defende a formação de uma chapa entre a ex-senadora e o ex-governador de São Paulo para disputar a presidência da República em 2014 e se mostra favorável a uma possível fusão com outras legendas; "Esse é o papel da esquerda hoje, desenhar um novo cenário"

"Serra e Marina estão à frente do PT de hoje"
"Serra e Marina estão à frente do PT de hoje" (Foto: Bahia Notícias)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Romulo Faro - Bahia 247

O movimento lançado pelo presidente do PPS, Roberto Freire, em entrevista ao Brasil 247, para uma chapa presidencial com a ex-senadora Marina Silva e o secretário da Saúde do Estado de São Paulo, José Serra (PSDB), já começa a ganhar coro no ninho tucano.

Em entrevista ao 247, o presidente do PSDB na Bahia, ex-deputado federal Sérgio Passos, defendeu a tese com total entusiasmo.

"Serra e Marina estão muito mais alinhados do que qualquer outra composição política. Os dois estão muito mais à frente do pensamento do PT de hoje. Apesar de colocarem o Serra como conservador, ele representa uma proposta de governo inovadora e sólida para o Brasil".

Questionado por 247 sobre a possibilidade de criação de uma nova sigla numa fusão do PSDB com o PPS, por exemplo, como sugeriu Freire, o líder do PSDB baiano disse que esta seria uma boa opção para as forças de esquerda, desde que sejam respeitas as ideologias e o "alinhamento" entre os partidos.

"Sempre defendi a fusão de partidos e/ou criação de novas legendas para que haja uma reforma política no Brasil. Esse é o papel da esquerda hoje, desenhar um novo cenário".

Apesar do entusiasmo, o tucano preferiu ter cautela sobre a definição de uma chapa Serra-Marina de imediato. "Essas declarações do Freire parecem ser mais a colocação de teses em público para debate com a sociedade e com as forças de oposição. Há muito que ser construído até as próximas eleições".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email