Serra já sabota Aécio?

Ex-presidenciável tucano estaria trabalhando nos bastidores para que Geraldo Alckmin seja o candidato do PSDB em 2014 no lugar do senador mineiro Aécio Neves; assim, ele poderia tentar, ao menos, retornar ao Palácio dos Bandeirantes; FHC é contra e defende lançamento de Aécio desde já

www.brasil247.com - Serra já sabota Aécio?
Serra já sabota Aécio?


247 - Cotado para ser secretário de Saúde de Geraldo Alckmin em São Paulo, o ex-presidenciável tucano José Serra estaria se movimentando para fazer do atual governador paulista o candidato do PSDB à sucessão presidencial em 2014. Vingativo, Serra atribui sua derrota para Dilma, em 2010, ao não engajamento do então governador mineiro Aécio Neves à sua campanha – naquele momento, líderes do PSDB defendiam a chamada chapa "puro-sangue". E, agora, Serra estaria preparando o troco.

A possível revanche foi noticiada na coluna Panorama Político, de Ilimar Franco, do Globo:

Nos bastidores

Especialistas em campanha eleitoral, que já fizeram várias campanhas presidenciais do PSDB, garantem que o ex-governador José Serra está se movimentando para fazer o governador Geraldo Alckmin (SP) candidato ao Palácio do Planalto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No PSDB, a ideia desperta ojeriza no ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que vê, em Aécio, a única alternativa viável de poder no partido. Apostando na divisão, Serra também criaria espaço para tentar retornar ao Palácio dos Bandeirantes, tentando encerrar de forma honrosa para sua carreira política, após as derrotas para Dilma Rousseff e Fernando Haddad.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email