Servidora que fugiu de reportagem é exonerada

Presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, Helio de Sousa, informa que Edinair Moraes, que corre da reportagem da TV Anhanguera, e o servidor que sai de moto durante a reportagem (veja vídeo) foram demitidos por conta da denúncia de que batem ponto na Casa e não permanecem no trabalho; parlamentar destaca a aplicação do ponto eletrônico, a criação da Câmara de Administração de Pessoal e o recadastramento anual do servidor como ferramentas para avaliar o desempenho dos servidores; presidente ainda destaca que servidores são avaliados trimestralmente pela assiduidade, pontualidade, disciplina, eficiência, aptidão, desempenho e trabalho em equipe

Presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, Helio de Sousa, informa que Edinair Moraes, que corre da reportagem da TV Anhanguera, e o servidor que sai de moto durante a reportagem (veja vídeo) foram demitidos por conta da denúncia de que batem ponto na Casa e não permanecem no trabalho; parlamentar destaca a aplicação do ponto eletrônico, a criação da Câmara de Administração de Pessoal e o recadastramento anual do servidor como ferramentas para avaliar o desempenho dos servidores; presidente ainda destaca que servidores são avaliados trimestralmente pela assiduidade, pontualidade, disciplina, eficiência, aptidão, desempenho e trabalho em equipe
Presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, Helio de Sousa, informa que Edinair Moraes, que corre da reportagem da TV Anhanguera, e o servidor que sai de moto durante a reportagem (veja vídeo) foram demitidos por conta da denúncia de que batem ponto na Casa e não permanecem no trabalho; parlamentar destaca a aplicação do ponto eletrônico, a criação da Câmara de Administração de Pessoal e o recadastramento anual do servidor como ferramentas para avaliar o desempenho dos servidores; presidente ainda destaca que servidores são avaliados trimestralmente pela assiduidade, pontualidade, disciplina, eficiência, aptidão, desempenho e trabalho em equipe (Foto: Realle Palazzo-Martini)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - O presidente da Assembleia Legislativa, Helio de Sousa (DEM), anunciou a exoneração de dois servidores que bateram ponto e saíram da Casa na semana passada, conforme revelou reportagem conjunta do jornal O Popular, TV Anhanguera e CBN Goiânia. O presidente afirmou que Edinair Moraes - a funcionária que correu ao ser abordada pela TV Anhanguera - e o servidor que sai de moto foram demitidos por conta da denúncia. A revelação foi ao ar na CBN Goiânia.

Assista

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Goiás reafirmou que todas as denuncias ainda serão apuradas. A atual gestão desta Casa reafirmou a determinação em favor da ética e da transparência de seus atos, além de se manter atenta ao cumprimento das medidas anunciadas com o objetivo de viabilizar o perfeito funcionamento da Casa.

Dentre estas medidas, a Alego destaca a inclusão do ponto eletrônico, a criação da Câmara de Administração de Pessoal e o recadastramento anual do servidor. Este recadastramento termina no próximo dia 30 de outubro, tornando-se obrigatório, a partir de 2016, no mês de aniversário do servidor. A Câmara de Administração informa ainda que procederá a avaliação trimestral do servidor e que trata-se de mais uma ferramenta à disposição dos ocupantes de cargos de chefia para avaliar o desempenho daqueles que estão sob sua responsabilidade.

A Alego reafirma que os servidores estão desempenhando seu trabalho e que são avaliados por um processo trimestral, que se iniciou em 1º de julho de 2015, através da Secretaria de Recursos Humanos.

A Mesa Diretora esclarece ainda que a avaliação trimestral tem por objetivo dar segurança e também valorizar os servidores da Casa, através dos critérios de assiduidade, pontualidade, disciplina, eficiência, aptidão, desempenho, trabalho em equipe, aplicação de normas e procedimentos, iniciativa e capacidade de lidar com situações novas, conhecimentos técnicos e qualidade do trabalho. O Decreto Administrativo de nº 2.645 está disponível aos servidores na intranet.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247