Servidores municipais paralisam Posto de Saúde Paulo Marcelo

Servidores do Posto de Saúde Paulo Marcelo (Centro) paralisaram parcialmente atividades na manhã desta terça-feira (29) em ato contra a insegurança no local e por outras pautas específicas. Para não prejudicar a população, os funcionários estão trabalhando com 30% do efetivo do posto

Servidores do Posto de Saúde Paulo Marcelo (Centro) paralisaram parcialmente atividades na manhã desta terça-feira (29) em ato contra a insegurança no local e por outras pautas específicas. Para não prejudicar a população, os funcionários estão trabalhando com 30% do efetivo do posto
Servidores do Posto de Saúde Paulo Marcelo (Centro) paralisaram parcialmente atividades na manhã desta terça-feira (29) em ato contra a insegurança no local e por outras pautas específicas. Para não prejudicar a população, os funcionários estão trabalhando com 30% do efetivo do posto (Foto: Fatima 247)

Ceará 247 - Mobilizados pelo Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza (Sindifort), servidores do Posto de Saúde Paulo Marcelo (Centro) paralisaram parcialmente atividades na manhã desta terça-feira (29) em ato contra a insegurança no local e por outras pautas específicas.

Para não prejudicar a população, os funcionários estão trabalhando com 30% do efetivo do posto. Na semana passada, houve paralisação nos postos de saúde Flávio Marcílio, no Mucuripe e Casa Verde, em Messejana. Em ambos os locais, a reivindicação central dos servidores é a questão da segurança.

No caso do posto Flávio Marcílio, após a paralisação, houve a instalação de uma base móvel da PM próxima à unidade de saúde. A segurança para servidores durante o horário de trabalho é uma das pautas da Campanha Salarial dos servidores municipais neste ano.

O Sindifort tem cobrado uma maior atenção do Executivo com esta questão e dia 09/04/18, o sindicato tratou do tema com o prefeito Roberto Cláudio (PDT). Infelizmente até o momento não foram apresentadas medidas concretas para solucionar o problema que atinge não só a área da Saúde, mas outras categorias tais como guardas municipais, professores, agente de trânsito e etc.

Fonte: Sindifort

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247