Silvio Costa: se Dilma for afastada, serei oposição a Temer

Vice-líder do governo na Câmara, deputado federal Silvio Costa (PTdoB-PE) criticou, por meio de nota, os nomes cotados para compor o ministério de um eventual governo do vice-presidente Michel temer caso a presidente Dilma Rousseff venha a ser afastada por meio do impeachment e adiantou que  fará oposição a Michel Temer caso a presidente Dilma seja afastada; "Comunico que, se eventualmente a turma de Eduardo Cunha (PMDB) e Jair Bolsonaro conseguir cassar a presidente Dilma, farei oposição ao Michel Temer. Um vice que, juntamente com Eduardo Cunha e outros, inclusive do nosso Estado, já foi citado várias vezes na Lava Jato", afirmou

Vice líder do governo na Câmara, Silvio Costa (PTdoB-PE)
Vice líder do governo na Câmara, Silvio Costa (PTdoB-PE) (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Pernambuco 247 - O vice-líder do governo na Câmara, deputado federal Silvio Costa (PTdoB-PE) criticou, por meio de nota, os nomes cotados para compor o ministério de um eventual governo do vice-presidente Michel Temer caso a presidente Dilma Rousseff venha a ser afastada por meio do impeachment. Segundo Silvio, "todos, sem exceção, são legítimos representantes de uma parcela da elite paulista que tem horror a todos nós nordestinos". O parlamentar também adiantou que fará oposição a Michel temer caso a presidente Dilma seja afastada.

Na nota, Silvio destaca a ingratidão dos parlamentares pernambucanos que votaram pelo afastamento da presidente Dilma ao citar que que "todo pernambucano sabe que foram os governos Lula e Dilma que ajudaram alavancar a economia do nosso Estado".

Dizendo que a abertura do processo pela Câmara "é fruto do ódio e da vingança de Eduardo Cunha", o trabalhista ressalta que "o impechament está previsto na Constituição, desde que se comprove que um presidente da República tenha cometido algum crime de responsabilidade. A presidente não cometeu nenhum crime", afirma.

"Fiquei indignado com o comportamento de alguns parlamentares, e aqui não me convém citar nomes, gente que sabe que parte dessa elite paulista, junto com a oposição, na qual 95% não tem ética, não possui moral para agredir a presidente Dilma", critica.

"Silvio disse, ainda, que caso a presidente Dilma seja afastada ele irá engrossar as fileiras da oposição a Michel Temer. "Comunico que, se eventualmente a turma de Eduardo Cunha (PMDB) e Jair Bolsonaro conseguir cassar a presidente Dilma, farei oposição ao Michel Temer. Um vice que, juntamente com Eduardo Cunha e outros, inclusive do nosso Estado, já foi citado várias vezes na Lava Jato. Como disse no meu voto, no plenário: "aquele domingo foi um dia em que, no futuro, a alegria será triste".

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247