Simon defende CPI única para investigar Petrobras

Para o senador Pedro Simon (PMDB-RS), é inadmissível que a CPI da Petrobras englobe assuntos diversos, como o Porto de Suape e o Metrô de São Paulo; ele alertou para a responsabilidade do presidente do Senado, Renan Calheiros, diante da tentativa de criação de uma CPI que “mistura tudo para não resolver nada”

Senador Pedro Simon (PMDB-RS) diz estar confiante numa decisão do Supremo Tribunal Federal favorável ao pedido da oposição para que a CPI da Petrobras apure somente denúncias contra a estatal
Senador Pedro Simon (PMDB-RS) diz estar confiante numa decisão do Supremo Tribunal Federal favorável ao pedido da oposição para que a CPI da Petrobras apure somente denúncias contra a estatal (Foto: Roberta Namour)

Agência Senado - Argumentando que “todos são a favor da Petrobras”, o senador Pedro Simon (PMDB-RS) defendeu em Plenário a instalação de uma CPI exclusiva para investigação da estatal de petróleo. Para ele, é inadmissível que a CPI da Petrobras englobe assuntos diversos, como o Porto de Suape e o Metrô de São Paulo; para Pedro Simon, esses deverão ser temas de outras comissões de inquérito.

O senador alertou para a responsabilidade do presidente do Senado, Renan Calheiros, diante da tentativa de criação de uma CPI que “mistura tudo para não resolver nada”.

- A oposição tem o direito [de pedir uma CPI]. À Mesa cabe instalar a CPI e, depois, a maioria faz o que acha que deve fazer. Vamos fazer um grande entendimento. Vamos fazer um diálogo: nem ódio, nem raiva, nem vingança, mas discutir e debater a CPI no sentido de encontrar uma solução - disse.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247